terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Alameda das Princesas, 756, 53b; BH, 020902012.

Cada um faz a democracia à sua maneira,
O que torna a nossa democracia mambembe;
Uns colocam nos automóveis, sons que ao
Mortal comum, ensurdeceria; outros, viram
Na cara dura, e dizem assim, ao transeunte:
Não pode parar aí na calçada não, vai
Atrapalhar a frente da loja; e fala isso para a
Pessoa atônita, ali, a pé, sem nenhum remorso;
E outros colocam na portaria do edifício, na
Parede do lado de fora: proibido aglomeração,
Como que se alguém que mora ali, manda
Alguma coisa nas pessoas que circulam pelas
Adjacências; é cada uma que vejo, que chego
A ficar impressionado; como pode alguém
Pensar, que por ser estúpido, o povo todo é
Estúpido ou imbecil? é muita falta de civilidade,
Muita falta de cordialidade; democracia é
Plena, geral e irrestrita à toda a nação brasileira;
Não se pode, de acordo com as circunstâncias,
Cada um fazer a sua lei; aí fica muito complicado,
Atropela-se o respeito, destrói-se o direito do
Cidadão, ao abusar do direito próprio, como
Se fosse um privilegiado; a democracia é para
Ser amada, preservada para todo o povo
Unido, andar de mãos dadas com ela;
Democracia é para ser idolatrada, reverenciada
E não atacada através das coisas mais banais;
E um país igual ao Brasil, imenso e que se tornou
Referência no mundo, a democracia tem a
Tendência de permanecer mais sólida e cada vez
Mais influente ainda; um viva e um salve ao
Brasil, à sua democracia e ao seu povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário