domingo, 12 de julho de 2015

Portugal, 2949, Hangar 77, 5; BH, 0260702012.

Putas, prostitutas, travestis são todas filhas de 
Deus; putas, prostitutas, travestis são todas 
Rainhas, princesas, santas; putas, prostitutas,
Travestis são todas mães, esposas, filhas; 
Putas, prostitutas, travestis são todas anjos,
Estrelas, astros; putas, prostitutas, travestis
São todas produtos, consumo e meios; são
Soluções, resoluções e normas; e são das 
Noites, das madrugadas, dos serenos e dos
Orvalhos; putas, prostitutas, travestis e as  
Meretrizes são todas vítimas do sistema, da 
Sociedade, das máquinas de moerem carnes 
E dos espremedores de fazerem sucos; são
Todas mulheres de uma forma, ou de outra,
Nos seus jeitos de ser; são todas exploradas,
Exterminadas, injustiçadas e sofrem, sentem,
Choram, jogam leite dos peitos nas pedras,
Jogam os fetos nas lixeiras, ou nos lixões; e 
Expurgam seus tumores com unhas 
Contaminadas; são malditas, amaldiçoadas,
Maltratadas, malvistas, mas, são as nossas
Putas, prostitutas, travestis e meretrizes, são
Nossos temas, nossos dilemas e nossos
Lemas; vivem nas sombras das noites e nas
Penumbras das madrugadas, silhuetas,
Cosem-se aos muros, às paredes descaiadas
Das ruas de escombros e de monturos, de
Fundos; excomungadas, vivem no mundo 
Selvagem, como se vivessem nos céus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário