domingo, 9 de abril de 2017

Alameda das Princesas, 756, 27; BH, 0210802012; Publicado: BH, 0200102015.

Sou declaradamente inimigo dos Estados
Unidos da América do Norte, pois não
Posso ser amigo duma nação que conspirou,
Conspira e usou de terrorismo contra o
Meu país; não posso ser simpático dum
Regime donde vem tudo que não presta
Para a humanidade: imperialismo, capitalismo,
Colonialismo, neoliberalismo, guerras,
Armas, bombas nucleares, terrorismo,
Torturas; o que puder escrever contra
Os ianques, notadamente, escreverei e
Nunca os louvarei em nada e sempre
Pensarei que todo castigo aos yankees é
Pouco; toda desgraça que puder esbravejar,
Lançar pragas, maldições contra os USA, o
Farei com todas as minhas forças; se
Computarmos as crianças, meninas, meninos,
Mulheres, homens, velhos que esses
Gringos covardes já exterminaram, ó;
São civilizações e civilizações, indígenas,
Culturas, costumes; globalizaram a
Ruindade e a malvadeza, a maldade;
Fizeram a globalização do que não presta
E terão que pagar, não podem ficar
Impunes com os crimes que fizeram
E fazem mundo a fora; e se Deus existe,
E se Alá existe, se juntarão e punirão os
Estados unidos da América do Norte,
Por todos os delitos cometidos: por Abu
Ghraib, por Cuba, por Guantânamo, por
Hiroshima, Nagasaki, Vietnã e pelo
Brasil; nossa, quase ia esquecer o que
Fizeram com a população negra, o racismo,
A humilhação, demorou para que os
Negros fossem respeitados, mas souberam
Se impor, graças a Malcom X, Martin
Luther King, Rosa Parks, Angela Davis,
Pantera Negras e muitos outros mártires.