segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

O mundo em que vivo é assim? BH, 01701102012.

O mundo em que vivo é assim?
Os USA se acham no direito de invadir as nações
Não alinhadas, impor embargos, bloqueios,
Desfazer uniões e construir muros; Israel
Se instala nas terras palestinas e não quer
Receber foguetes artesanais em troca, nem
Pedras lançadas de fundas; a União Europeia 
Quer que o povo pague pelo fracasso de 
Seus dirigentes; o mundo em que vivo é
Assim? na Síria, o ditador não quer sair,
Não quer entregar o poder herdado do pai
Ao povo e despeja bombas com os 
Olhares complacentes dos cúmplices
Que o sustentam; quero apenas com esta
Obra-prima derrubar o ditador da Síria, 
Acabar com o vil embargo à Cuba, fazer
Com que os responsáveis pela falência da
Europa sejam punidos e não o povo 
Trabalhador e que Israel tire as patas 
De cima da Palestina; não quero muita
Coisa com esta obra de arte, não, quero 
Pouca coisa e das poucas coisas que 
Quero, é que as religiões deixem de 
Matar em nome de Deus; enriquecer 
Nas religiões é uma forma de assassinato,
Para alguém ficar rico em nome de Deus,
Alguém tem que morrer de fome, ou 
Permanecer na pobreza, ou perpetuar na
Miséria em nome de Deus; o mundo 
Em que vivo é assim? pobre em obras-primas,
Miserável em obras de arte; e por isso 
É cheio de injustiças, desigualdades,
Extermínios e maldades; o mundo em que vivo.

Melhor é viver na fantasia pois; BH, 01701102012.

Melhor é viver na fantasia pois,  
A realidade é a maior ilusão; aos 
Nove anos conheci a política e aos
Doze contestei a religião; adulto,
Pulga, piolho, espremido pelos polegares
Do poder que, não respeita a Constituição;
A pura fantasia da nação, a ilusão da 
Justiça que, só pune pobres, 
Pretos, putas; não são os direitos 
Que nos mantêm em ordem, são
Os fatos que nos fazem de condicionados;
A sociedade opressora comandada 
Pela elite e pela burguesia, a vil
Ditadura dos bancos, o Estado opressor,
Que fingem que nos são úteis e são 
Úteis somente aos seus próprios intestinos;
As organizações que sobrevivem às 
Custas do povo, mas, na hora em que o
Povo precisa delas, digerem o povo nos 
Seus organismos; para mim, a fantasia 
Basta, a ilusão de que sou cidadão,
De que exerço a cidadania e que a 
Minha nação é de nobre soberania; 
Ledo engano carrego, cravejado de 
Impostos, agredido e desrespeitado e 
Faço de conta que vivo numa Democracia;
A mídia bovina facínora, nem precisa
Mais vender-me mentiras e enganar-me
Com falsas notícias tendenciosas e 
Esconder a verdade para não abalar os
Barões que dominam as comunicações;
Máfias, sou apenas vítimas das 
Máfias nacionais, nada mais.

Quem determina que uma obra-prima é uma obra-prima? BH, 01701102012.

Quem determina que uma obra-prima
É uma obra-prima? quem determina 
Que uma obra de arte é uma obra de 
Arte? persigo as duas com a perfeição
Da minha máquina humana à disposição;
Mas é o tempo, o tempo é que estabelece
Quaisquer condições na vida; o tempo é o 
Deus que dita, que retifica e ratifica os 
Anseios individuais; o que será da humanidade,
No dia em que os escritores desistirem das 
Obras-primas, das obras de arte literárias
E os poetas desistirem das poesias, dos 
Poemas, odes, sonetos? e a cultura, o que 
Será do mundo, no dia em que a humanidade
Abdicar-se da cultura? a humanidade será 
Uma raça em extinção e com dificuldades
De preservação e o mundo será um lugar 
Pior para se viver, bem pior; e é assim, penso,
Que os economistas, os capitalistas, os políticos,
Os religiosos, os banqueiros, os empresários, 
Os jornalistas, a burguesia, a elite, a plutocracia
Querem o mundo, bem pior; nada fazem para 
Melhorar a situação no mundo, nada fazem 
Para transformar o mundo numa obra-prima,
Numa obra de arte; apelam para que o 
Mundo se transforme num inferno e que 
Cada um deles seja a salvação; o destino 
Fala a da um de nós: tens que te destacar
Na vida e criar com o tempo as obras-primas
Com as tuas mãos, as obras de arte feitas 
Nos teus atos e serás o artista principal,
O protagonista, a personagem desse 
Teatro de regência universal.

Meus amigos e meus inimigos e a deusa; BH, 01501102012.

Meus amigos e meus inimigos e a deusa 
Exaltação apoderou-se de mim e 
Quando vou escrever, ela está presente
A acompanhar o que escrevo; e digo a 
Vós, meus bons e maus camaradas, 
Digo a vós, companheiros viajantes de
Estradas, a deusa Euforia liberou-se e
Desagradou a deusa Moderação; meus
Irmãos e irmãs no bem e no mal, nesse
Vale escuro da vida e da morte, nesse
Pomar repleto das árvores das Ciências,
Quem dentre vós quis guiar esta mão
Pelas sombras? meus marinheiros das
Naus Argos, Catarineta, Santa Maria,
Pinta, Niña, inda vejo os riscos de 
Vossas embarcações nas faces dos 
Mares, nos rostos dos oceanos; inda 
Sinto vossas quilhas ferir as águas e os
Gritos das vigias ao avistarem as terras;
Meus deuses, meus santos, meus 
Demônios que brigais por mim, não 
Mereço essa disputa sangrenta; não
Sou porto, continente, terra firme
Para fundear partilhas; a vós, só 
Repreendo-vos, com estas escritas 
Proscritas, estes manuscritos 
Manufaturados com sangue de cordeiro,
Para que o primogênito não seja 
Assassinado; meus profanos e meus
Sagrados, meus pagãos e batizados,
É este o breviário, a hóstia, meu corpo,
Meu sangue; bebei-o é sangue de mel,
Comei o corpo, é carne de ovelha com
Pão de ló; o espírito, cada um de vós,
Levará uma parte à eternidade.

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Zeca Pagodinho (1986) - Full Album (Vinyl Rip)

As escrituras de um solitário são; BH, 01501102012.

As escrituras de um solitário são 
Sagradas para ele e as escrituras
Sagradas, para ele, não são sagradas;
O solitário escreve, por que é habitado
Por multidões de escritas; e para aproveitar
Estas escritas, o solitário não pode
Estar em companhia de ninguém;
Tem que ir para a sua pedra, no 
Alto de sua montanha, no fundo da 
Sua caverna e escrever o que as 
Multidões ditam; o solitário tem seu
Deserto predileto, onde nas encostas das 
Dunas, onde o sol não bate, fita os oásis
Urbanos, as miragens mirabolantes, os
Sonâmbulos sonolentos que, fantoches,
São manipulados pelos donos do poder; o
Solitário só tem dentro de si, a solitária
Solium, a picar-lhe as entranhas; toda a 
Multidão de planetas errantes já o 
Abandonou e mais sozinho ele ficou;
O solitário escreve, escreve, escreve e o 
Verme tênia rói-lhe o tutano dos ossos,
A sugar-lhe a medula cervical;  e quando 
Vem ao meio do qual é produto, o 
Solitário sente-se estranho, rola 
Fora da boca macia do ninho, passarinho
Que menino passou visgo na vareta e o 
Pássaro que não escapa da arapuca e 
Alçapões; o solitário tem um cordão
Amarrado na perna, não vai muito
Longe, olham-no com desconfiança,
Causa suspeita e ao ameaçar-lhe, chamam
A polícia; e o solitário, aturdido, volta 
De onde não deveria ter saído. 

O mais importante na vida do ser; BH, 01501102012.

O mais importante na vida do ser,
Não é ser um ser importante mas, sim, 
Ser um ser pensante; muitos seres que 
Se pensam muito importantes, muitas
Vezes não pensam e tomam medidas
Que põem em risco o bem estar da 
Humanidade; o ser pensante não
Permite nunca que pensem por ele;
Aceita um pensamento, debate, dialoga,
Expõe, mas não  permite que o façam 
Pensar diferente, da maneira que quer 
Pensar; dizem que o diabo só é diabo,
Por que Deus não deu a ele o dom 
Do pensamento e nem o dom de 
Analisar o pensamento do homem; 
Então, o homem é mais importante do 
Que o diabo; se o diabo não pensa, ele
Não existe e já que pensa, o homem
Existe; mas, deixemos o diabo com a 
Sua inexistência e nos liguemos em
Nós, seres pensantes livres e independentes;
Liguemos em nós, seres superiores,
Evoluídos e amantes da Liberdade; e o
Ser pensante, o que é mais belo, é 
Que, antes de fazer qualquer ato, o
Mais pequeno que seja, o mais insignificante,
Ele pensa antes; pode não desvendar 
Uma conjectura, uma equação, 
Interpretar uma lei, ou um contrato 
De locação; mas, se tem a leveza do 
Ser na alma, isso tem; se tem a 
Lucidez de espírito, isso não se pode
Negar; e com a chave da percepção,
Abre qualquer porta e na vida dele,
Nada é em vão.  

Os deuses da Capacidade e da Categoria; BH, 01501102012.

Os deuses da Capacidade e da Categoria
Habitam os homens e todo o homem que 
Anda na Capacidade e na Categoria,
É um homem diferenciado, tal todo o homem 
Que é Dotado da Competência e do deus Estilo;
O pior deus para o homem é o deus Mercado,
Que o escraviza, explora, massacra, 
Ilude; a deusa Sociedade é nociva,
Bem como o deus Estado, enganam ao
Homem, o discriminam e o enchem com 
O borrão da burocracia; empilham nas
Costas do homem a burguesia, a elite
E a plutocracia e o homem deixa de ser
Homem; a sorte é de quem carrega os 
Deuses dos Sentidos e os do Sentimentos;
E revoltado, rebelde, o homem adora a 
Deusa Liberdade, a deusa nobre da 
Independência, da Soberania e da Cidadania;
As vantagens desses deuses e deusas são
Que, não foram criados por outros, nasceram
Com quem os possui e manifestam-se,
Quando são provocados; se o homem os
Deixam dorminhocos dentro de si,
Nada fazem, nada produzem e o homem
Não passa de homem, nem pelo destino
E nem pela vida; cultuemos esses deuses
Do nosso santuário interior, façamos com 
Que saiam de nós, através das nossas
Posturas e que estejam sempre em nós,
Quando nos demonstrarmos e quando
Nos encontrarmos perante uns dos outros;
E no meu caso, não exalto-me mais para a deusa 
Moderação, deixa-me no meu recato de mudo.

Qual o teu trabalho bandido; BH, 01501102012.

Qual o teu trabalho bandido,
 O que roubas, o que assaltas, o que te levas a 
Cometer tantos crimes? roubo o Universo,
Assalto as belezas, as riquezas que encontro
No bojo dele; ladrão, o que fazes então,
Com o que encontras na barriga do 
Universo? algumas coisas, meu velho 
Coração transforma em poesias, outras,
Meus organismos geram poemas e é a 
Satisfação desta vida de delinquente
Que levo; és um assaltante reincidente,
Tua folha corrida é infinita, tuas
Condenações ultrapassam ao limite
Das penas impostas e não terás Habeas
Corpus, muito menos preventivo; 
Cumprirei pena em regime fechado,
Minha liberdade independe de cadeias,
Presídios, penitenciárias e de onde estou,
Saio de noite, ou de dia, a cometer os 
Meus roubos nos cofres guardados dos
Planetas errantes; daí desta cela 
Solitária, onde jaz preso, poucos
Aventuraram uma fuga; não fugirei,
Fugas só as de Bach, quanto mais
Inviolável a prisão, mais livre sou
E mais roubo nas noites, nas madrugadas
E mais rico fico; haja jurisprudência
Ao teu caso, a Suprema Corte analisará
O pedido de redução de pena impetrado
Por teus advogados; não quero redução 
De pena, pois tenho pena demais de  
Todos vós e aqui permanecerei, rio 
Com nascente em direção à foz.

Quais são os deuses que dominam e comandam o homem? BH, 01501102012.

Quais são os deuses que dominam 
E comandam o homem? quais são
As deusas que regem a vida do 
Homem? e todos esses deuses e essas
Deusas estão dentro do próprio 
Homem: o Caráter, o Decoro, a 
Sabedoria, a Inteligência, a Inspiração,
A Criatividade, a Mente, a Meditação,
A Percepção, a Intuição, a Fé, a Ousadia, 
A Audácia, a Coragem, a Liberdade, a
Potência, o Pensamento, o Poder; são
Deuses e deusas humanos e dormem 
Dentro do homem e alguns não Os
Despertam; alguns homens deixam 
Essas entidades aprisionadas, não As 
Libertam e não As dão vida; são os 
Deuses dos sentidos, as deusas dos 
Sentimentos; e ao ser controlado por 
Esses deuses que brotam o comportamento
Dos homens, as atitudes, os atos que os 
Engrandecem; o que o homem precisa, 
São dos deuses que o humanizam, que 
O tornam cada vez mais humanos; a 
Deusa da Educação, da Cultura, da 
Civilização, da Harmonia e é uma 
Deusa da Irmandade; estamos todos
Cheios de deuses e de deusas e devemos
Reverenciá-los nas nossas orações que, 
São as poesias, as rezas que, são os 
Poemas, os sonetos, os hinos que, são as
Odes, os louvores e as exaltações; 
Muitos de nós são poços de deuses 
E fendas de deusas, mas são cegos 
E inda colocam pedras tumulares nas bocas 
Dos poços e rochas sepulcrais nas fendas 
E selam-nas com a estupidez da ignorância.  

O minerin no Ridijanero.

Um minerin tava no Ridijanero,
Bismadu cas praia, pé discarço,
Sem camisa, caquele carção samba canção,
Sem cueca pur dibacho.
Us carioca zombano, contan piada di
Minero.
Alheio a tudo, o minerin olhô pro
Marzão i num si guentô: correu a toda
Velocidade e deu um merguio, deu
Cambaiota, pegô jacaré e tudo mais.
Quando saiu, u carção di tecid finin
Tava transparente e grudadin na pele.
Todo mund na praia tava oian pru
Tamanh du "amigão" qui o minerin
Tinha.
U bich ia inté pertin du juêi....
A turma nunca tinha vist coisa iguá
As muié cum sorrisão, us homi
Roxo dinveja, só tinha zóio pru bich.
U minerin intão, percebeu a situação,
Ficou todo invergonhad e gritô:
- Qui qui fôi, uai?
Seus bobâum... vão dizê qui quand
Ocêis pula n'água fria, u pintin dôcêis
Num incói tabéim?

sábado, 27 de fevereiro de 2016

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA:

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA:

O PT são milhões de brasileiros.

Vasco é o meu time no Rio e eu continuo vascaíno.

O Vasco não está bem mas eu continuo vascaíno.

Foi o primeiro time brasileiro a ter negro.

Há uma fragilidade de lideranças no mundo inteiro.

Tem crise desde 2007 e não se resolveu depois de aplicarem 32 trilhões de dólares.

Porque querem resolver primeiro o problema do mercado e depois o do povo.

Se a Economia não vai bem a coisa não vai bem.

E a culpa não é do nosso Governo, mas de uma conjuntura mundial.

Se quiser resolver a crise tem que olhar para o pobre outra vez: pobre não é problema, mas solução !

Se tivessem financiado novas tecnologias, maquinas modernas,  Alemanha vendia maquina à Africa, os Estados Unidos vendiam tecnologia para a Africa e América Latina e a crise não existiria.

Se acovardaram, reduziram consumo, o empréstimo e a economia se atrofiou.

A divida bruta americana em 2007 era de 64% do PIB, e agora chegou a 114% do PIB.

Dilma sozinha não vai resolver esse problema.

Esse Governo é nosso !

E nós temos responsabilidade de ajudar, discutir, de compartilhar e encontrar saídas.

O militante do PT não pode virar as costas e dizer o problema  não é meu.

O problema é nosso !

Meu, seu e da Dilma !

Dilma tem que ter certeza de que, por mais que tenha discordância, o lado dela é esse ! Ela precisa de nós para enfrentar os ataques que sofre do Congresso.

O país tem um potencial extraordinário: é possível resolver os problemas desse país !

Não podemos ter medo nem duvida.

Vamos assumir a responsabilidade, como assumimos, em 2004, 2007, 2012.

Temos mercado interno !

Vamos divergir o que tiver que divergir, falar o que tem que falar !

Partido não tem que concordar com tudo o que o Governo quer e o Governo não tem concordar com tudo o que Partido quer.

Mas estamos juntos. É como um casal.

Você pode brigar com a tua mulher mas ela é tua mulher.

Vai ter que dormir junto !

Dilma, eu estou na frente de milhares e milhares de homens e mulheres que são soldados.

Guerreiros e guerreiras para defender o seu mandato até as ultimas consequências.

(Na plateia: “não vai ter golpe !”)

Não tem partido de oposição.

Tem um partido chamado Globo, um chamado Veja, outro chamado outros jornais.

Essa é a Oposição.

E bom eles saberem: se eles quiserem voltar ao Poder vão ter que aprender a ser democratas, disputar eleição e respeitar o resultado.

Sacanagem não aceitamos. Golpe não vamos aceitar !

Afiem as suas garras e vamos disputar democraticamente em 2018.

Debater projeto.

Qual o projeto que interessa a esse pais ?

Qual o projeto que colocou mais pobre na universidade e comida na mesa do brasileiro, que mais investiu em educação e fez 40 milhões de pessoas ascenderem na escala social e levou energia elétrica a milhões e milhões de brasileiros ?

Gente do céu !

Se durante 500 anos não souberam cuidar desse povo e nos em doze anos ensinamos que é possível tratar esse povo com dignidade.

Uma menina negra da periferia chegar à universidade e ser doutora.

E o moleque da periferia não ser trombadinha mas ser doutor !

Eles passaram quatrocentos anos para fazer a primeira universidade.

Em doze anos colocamos mais jovens na universidade que eles colocaram em cem anos.

Eles não precisavam porque faziam pós-graduação na Sorbonne, em Harvard e não sei mais aonde.

Eles não sabiam que pobre também é inteligente.

Ou eles acham que a gente nasceu para ser pedreiro ?

Acabou !

Foi o PT que mudou isso !

Quando eu cheguei lá não era um presidente, era um trabalhador que sabia o que era o chão da fabrica, o que era a fome !

O Rio só não é mais bonito que Garanhuns.

Eu ando de saco chio com o comportamento de nosso inimigos na imprensa.

Nos brigamos na Constituinte para ter um Ministério Publico forte e independente e tem um Ministério publico fazendo jogo da Veja e do Globo.

Não merecem o cargo de quem esta no cargo para fazer Justiça.

Prometi a mim mesmo não tocar nesse assunto.

Sou acusado de ter um apartamento.

Um triplex minha casa minha vida.

200 metros quadrados.

Quero ver omo é que vai ficar essa historia.

Digo que não é meu, a empresa diz que não é meu, mas um cidadão que obedece à globo … e a rede globo diz que o triplex é meu .

Quero saber quem é que vai me dar esse maldito apartamento !

Como Deus escreve certo por linhas tortas, inventaram uma offshore no Panamá – offshore, não sei o que é isso, deve ser coisa para enganar pobre.

Disseram que a empresa veio do Panamá para ser dona do meu apartamento e é dona do triplex da Globo em Paraty é dona do helicóptero (da Globo).

E a Globo notificou os blogueiros pra tirar o nome da Globo.

(Leia “Brito notifica notificação da Globo”)

Então vamos notificar a Globo para tirar o nome do PT como ela usa todo dia.

Todo mundo aqui conhece o Jaco Bittar, meu companheiro de 4o anos, fundador do PT, da CUT e prefeito de Campinas.

O Jaco Bittar inventou de comprar uma chácara para eu usar quando deixasse a Presidência.

A chácara não é minha.

Ela foi comprada com cheque administrativo.

O Jaco deu ao filho Fernando.

Eles dizem que a chácara é minha.

Quando acabar esse processo, vão ter que me dar um apartamento e uma chácara.

Todo santo dia, levantam duvidas e mais duvidas.

O PT não nasceu pra ficar calado !

Se um companheiro do PT cometeu erro, vai pagar pelo erro.

Mas não podemos culpar milhões de jovens que ascenderam na politica por causa do PT.

Já fui prestar vários depoimentos.

A partir de segunda feira vão quebrar meus sigilos fiscal, telefônico, tudo, meu da Marisa, da minha netinha e até da minha mãe.

Esse é o preço ?

Eu pago !


Mas, eu duvido que tenha um mais honesto do que eu !

É processo em que a Policia Federal e o Ministério, essas instituições não podem fazer como esse procurador que fala primeiro com a revista e a globo e depois com o advogado !

Pessoas para estarem presas tem que ser julgadas !

Não podemos criminalizar qualquer pessoa pela manchete da imprensa.

Juizes tem medo de votar com medo da manchete do jornal !

Me contaram que ouviram um Ministro dizer: passou uma passeata na porta da minha casa e eu fiquei com medo !

Um Ministro da Supremo Corte não pode agir com medo da opinião publica.

Se quer disputar a opinião publica não pode ter emprego vitalicio e ficar sob a pressão da imprensa.

Dispute uma eleição e seja deputado.

Hoje, a Veja, a Época, o Globo e a Globo determinam: Jandira (Feghali), você é criminosa e aí eu vou procurar que crimes você cometeu !

Eu tenho 70 anos de idade.

Quando eu tive um câncer na garganta, muita gente disse: acabou: esse peão vai embora !

Quero dizer a Ministro da Suprema ao Juiz mais simples, da televisão maior à menor: não vão me derrotar mentindo !

Vão ter que me enfrentar na rua !

Eles pensam que fazendo essa perseguição vão me tirar da luta.

O PT é um movimento que em doze anos fez o mundo admirar esse país extraordinário !

Eles tem ódio.

Já tiveram muito cientista politico, usineiro governando esse país e nenhum deles participou de uma reunião do G8 e participei de todas.

O que eu tenho e que eles não tem é vergonha na cara e compromisso com o povo.

Quero lançar um desafio.

Pensei em sair do Brasil e deixar a Dilma governar.

Se for necessário, quero dizer alto e bom som: terei 72 anos com tesão de trinta para ser candidato a Presidente !

(Plateia: “Lula, guerreiro, do povo brasileiro”)

Nem a morte apaga a vida do homem de verdade.

Se você tem uma causa, a causa fica pairando na cabeça de milhões de pessoas.

Se ele fossem honestos eles faziam uma investigação na conta de outros partidos políticos para ver quem financia eles – e o PT.

Não vão nos destruir.

Nós sairemos mais fortes dessa luta.

Se eu cometer um erro não vai ser a Globo que vai anunciar a vocês: vou ser eu !

Vocês sabem o que ele fazem contra a gente todo santo dia.

A gente vai vence-los com a nossa verdade.

Tem uma senhora aí na plateia que diz que ainda bem que a Globo está falando mal de mim.

Porque no dia em que me elogiar, ela não acredita.

Vale pro PCdoB, pro PDT, pro PSB: temos que utilizar a tribuna da Câmara e do Senado.

A gente tem imunidade, tem mandato.

Não podemos levar desaforo pra casa.

Se falarem merda contra a gente vamos falar duas.

Esse partido não tem medo de coxinha.

Se tivesse, não comia tanto frango.

Lavei minha alma !

Daqui pra frente, é pão, pão, queijo, queijo.

Lulinha não vai ser mais Lulinha paz e amor !

Tchaikovsky: Swan Lake - The Kirov Ballet

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Coluna velha e enferrujada e toda; BH, 01501102012.

Coluna velha e enferrujada e toda 
Retorcida e dobrada; colocá-la
Em pé, ereta, em posição de sentido,
Impossível; dói e reverbera a dor
Por todo o corpo carcomido; as mãos
Tão inúteis quanto os pés, tudo treme
E nada é firme; a boca não fica 
Mais fechada e os olhos não abrem;
Pelancas espalhadas, inchaços e 
O mau cheiro insuportável do que 
É velho; no quarto o ar não circula,
A luz não entra, a vida fugiu 
De muito e o que parecia vivo,
Jaz em cima da cama a imitar 
Defunto; os visitantes comuns são
As moscas, mosquitos, pernilongos
E algumas pulgas solitárias, fora
As muquiranas e os percevejos; mão
De obra que mestre de obras não 
Quer encarar nem com serventes e 
Ajudantes; o esqueleto rola para lá e 
Para cá, sem alicerce certo nalgum
Lugar; o coração bombeia um 
Sanguinho reles, ralo, outrora
Sangue disputado pelo mundo afora;
E os órgãos foram aos poucos: o 
Cérebro já parou, não comanda 
Mais; os pulmões quase a pararem,
A todo dia querem sufocar; fígado,
Rins, pâncreas, baço funcionam
Deficientemente e a digestão é 
Uma eterna congestão; o velho 
Analisa-se com desespero e implora,
Esperançoso, pelo dia derradeiro.

Quereis desculpar-me e pensei que hoje; BH, 01501102012.

Quereis desculpar-me e pensei que hoje,
Proclamação, fosse escrever algo digno de 
Vivo, de republicano, de federalista e 
Pergunto-me: o que poderia escrever hoje,
Neste feriado, a não ser o que não 
Quero escrever? quem escreve, nunca
Escreve, o que quer escrever; e quem
Diz que escreveu o que queria escrever,
Mente; e todo escritor é uma mentira
E se vem da mente, até chegar ao 
Papel, com a maior ira, o escritor 
Escreve a verdadeira mentira; o 
Pobre do ledor, enganado, iludido, bem
Que tenta decifrar as insanidades que,
Encontra em cima das linhas; visualiza
As letras, visionário com as palavras,
Decifra as frases, desvenda os períodos,
Sente as sentenças, em busca de um 
Prazer moderno, mas encontra algo tão
Antigo, tão feudal, que deixa num 
Canto o espectro que não lhe causou 
Choque sobrenatural, fantasma que não
Assusta mais, bicho que não mete medo;
Sabeis daquela comida mastigada que, o 
Pregador tinha que engolir, quando o 
Cacique a mastigava e colocava na boca
Dele, para dar a permissão de pregar na 
Tribo? é assim a escrita atual, comida
Mastigada, digerida, é só engolir;
Depois é ficar com a barriga vazia e a
Cabeça oca, um vácuo de desanimar ao 
Constatar que nada muda, se a escrita não mudar. 

Mundo capitalista que destruiu; BH, 01301102012.

Mundo capitalista, que destruiu 
O comunismo, destruiu o socialismo
E onde quem não sabe ganhar lucros,
Ou gerar lucros, não serve para nada;  
Os países capitalistas, neoliberais,
Cometiam, ou cometem crimes iguais,
Ou piores do que os países chamados
Socialistas e comunistas e implodidas
Essas nações, vivem dramas piores
Do que quando no passado; e os que
São independentes, se forem fracos
Igual Cuba, sofrem bloqueios de 
Todas as maneiras, perseguições e 
Propagandas enganosas; mas se 
Forem poderosos igual a China, 
Ninguém se mete, têm todo respeito;
E os países capitalistas vivem em
Dívidas bilionárias eternas, vivem
Na mentira das religiões, nos 
Regimes e nos sistemas falidos:
Iludidos, iludem e vendem ilusões;
Veremos quanto tempo ainda 
Resistirão à União Europeia e 
Seu Euro; veremos, idem, os USA,
Se resistirão antes da ruína total; 
Os líderes mundiais não enxergam
Que, a ficha caiu, fingem que, 
Resolvem, fazem reuniões 
Emergenciais, ONU para cá, OEA
Para lá, G isso para cá, G aquilo para
Lá, G... não dá e não resolvem  e 
Nem decidem nada; e afundados 
Nas suas crises, levam o mundo à 
Crise; e se não surgir uma nova 
Ordem, um novo sistema, um novo
Regime, nada nos salvará desse
Turbilhão que, nos levará de 
Roldão, ao abismo da extinção.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Realmente acertaste é obra digna; BH, 01301102012.

Realmente acertaste, é obra digna 
De litura e releitura em praça pública;
Não é obra para palácios, palacetes,
Mansões, bangalôs; não é obra para
Colégios, ginásios, academias, é 
Obra para o povo, operária, proletária;
Não é obra para burgueses, para as
Elites, a plutocracia; acertaste, é 
Obra marginal, do gueto, da rua e da
Periferia, não chegará às faculdades,
Não terá carteira nas universidades,
Nem cátedras e teses de doutorado; 
Pois é uma obra, não é de arte e nem
É prima, mas prima pelo popular, 
Quer chegar perto do povo, quer 
Amar ao povo, como se deve amar; 
É uma obra para ser cantada no 
Meio da rua, na calçada, no meio-fio,
No degrau da igreja, na porta da 
Basílica, da catedral, como uma 
Mendiga a implorar uma esmola,
Uma ajuda pelo amor de Deus; é 
Uma obra para quintais e terreiros
Brasileiros; realmente acertaste,
É nova, é para altar, pedestal e 
Andor; é para lua de mel, natureza
De arco-íris; roteiro para samba 
De enredo de escola de samba
Campeã de todos os carnavais;
É obra para todos os mistérios
E para todas as desvendamentos,
Vendavais e temporais, contemporânea,
Coisa que todos fazem igual; é
Obra moderna, agreste, feita de 
Compilações e quem quiser pode
Comparar com as oscilações e 
Manifestações que, uma performance
Pode exaltar, realmente acertaste,
É obra de estilo surreal.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Do Brasil 247 Boechat: FHC "não tem o direito de não se explicar"

Do Brasil 247
Jornalista da Bandnews, Ricardo Boechat pede explicações ao "tucano mais emplumado de todos" sobre o caso Mirian Dutra e questiona se ele está realmente "acima de qualquer suspeita"; "Explica para mim, como é que você deu grana para sua amante no exterior durante tantos anos?", pergunta; "Eu tenho direito de saber. Eu não quero saber da sua intimidade, não quero saber a cor da sua cueca, quero saber o que você fez com dinheiro público", completa o jornalista.
O jornalista Ricardo Boechat, da Bandnews, fez cobranças firmes ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sobre o caso Mirian Dutra em comentário na manhã desta sexta-feira 19. Segundo Boechat, FHC é um homem público, além de ser o "tucano mais emplumado de todos", e "não tem o direito institucional" de não deixar tudo isso claro e provar que está "acima de qualquer suspeita".
"Fernando Henrique Cardoso não tem direito legal, não tem direito institucional de não deixar isso claro. Até porque é a partir de suspeitas muito pequenas, às vezes, irrelevantes, que se chegam a grandes descobertas", diz Boechat. "Considerando que ele é o príncipe tucano mais emplumado de todos e que os tucanos têm tido, em seu discurso, a pretensa reserva ética e moral do país, apontando a metralhadora o dia inteiro para todas as direções, eles têm que provar que estão acima de qualquer suspeita, principalmente Fernando Henrique Cardoso", acrescenta.
"Então a pergunta é: Fernando Henrique Cardoso, você está acima de qualquer suspeita? Você se acha a alma mais inocente desse mundo? Mais honesta desse mundo? Não acha que tem que dar satisfações muito claras sobre tudo que fez? Paciência, cara. Ninguém pediu para você ser homem público, presidente do Brasil com dois mandatos, referência da moral ilibada dos tucanos, agora se vire, explica para mim, como é que você deu grana para sua amante no exterior durante tantos anos?", questiona o jornalista.
"Eu tenho direito de saber. Eu não quero saber da sua intimidade, não quero saber a cor da sua cueca, quero saber o que você fez com dinheiro público", cobra ainda o comentarista.
Ouça aqui.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Será lá no arco-íris a minha nova; BH, 01301102012.

Será lá, no arco-íris a minha nova 
Morada, serelepe voarei para mudar,
Aqui deixarei o meu passado e as
Pedras usadas para enterrar-me;
Será lá, depois deste céu, o céu
No qual verei brilhar a morada
Definitiva, na qual irei instalar 
O meu lar; a luz, luz que só falta
Cegar-me, escreva em minha 
Pele negra, os mandamentos que,
Terei que, usar; a luz, luz de fonte
Tão poderosa, escreva com esse 
Fogo em minha fronte, os meus raros
Pensamentos, provérbios e parábolas;
Tudo novo e remodulado, tudo muito
Bem reformado, será lá no infinito,
O meu primeiro grito de nascimento;
O meu primeiro balido de carneiro,
De cordeiro do rebanho banhado de
Luz; luz, luz que conduz-me, rei mago,
Pelos desertos gelados das madrugadas,
Aos abrigos das manjedouras; será a 
Minha fortaleza suspensa, feita de 
Pedras de pirâmides e inabalável,
Como um espírito de carne e osso e 
Completarei a transfusão do meu
Sangue para a luz; e haja o eterno 
E quem é que não quer o eterno? 
E o eterno é o mesmo de um viver 
De novo? será lá no eterno, então,
Que amarrarei as cordas deste 
Coração e como sou escravo dele,
Tão cedo sairei de lá e em cada 
Tempestade solar, enviarei minha canção.   

Meu coração não tem jeito é uma fonte; BH, 01101102012.

Meu coração não tem jeito é uma fonte 
De desejo que, não para de cantar,
Canta de dia, de noite e de madrugada,
A qualquer hora da aurora, alça voo
Para voar; meu coração peregrino, inda
De menino, sem ter peito para parar, 
Não há gaiola que o prenda, não cai
Em arapuca e nem se prende em visgo; 
Não há abrigo que o atraia, a não ser
O das estrelas, dos astros mais impossíveis
E os sóis mais brilhantes; meu coração
Não tem valor de diamante, é coração
De neandertal, as paredes dele, são
Todas cobertas, por poesias rupestres;
É um coração que já vadiou por todas
As eras da história; meu coração não
Tem jeito, nunca está satisfeito e é 
Cheio de defeitos e tira onda de 
Perfeição; não é um coração ágil,
Não tem mobilidade e agora a gordura,
O faz andar bem devagar; arfa dentro 
Do peito e reclama de tudo, a lamentar,
A chorar e não vê que agora é tarde; 
E não percebe que, a percepção voou
E bateu a porta do universo na cara 
Dele; meu coração cheio de sal,
Sal grosso e não tratado, perdeu 
A leveza do ser; embruteceu, virou 
Um calo de sangue pisado, não é 
Mais poleiro de vida, não é mais 
Soleira de porta, não é mais acelerador
De partida, ou de partículas, é só
Esta crônica ferida viralizada.

Minha vida não é totalmente perdida; BH, 01101102012.

Minha vida não é totalmente perdida,
Só por que sou um perdido que,
Corre atrás de poesias perdidas; se
Não fosse isso, seríamos inda mais
Perdidos: vida, poesias, eu; e estas
Poesias são os lixos gerados do meu
Ócio, não são luxos pois, quem tem ócio,
Não gera luxo e sim lixo; e poesias
Perdidas, salvam perdidos da
Perdição? e o lixo é o mais perdido,
Ou o luxo é o mais perdido? todo passarinho
Perdido deveria ter um abrigo para pássaros
Em época de chuva, inverno, ou mesmo
Verão de muito calor; o único abrigo que
Tenho, a única esperança é a poesia, perdida,
Tanto quanto sou; canto nela em cantilena,
Nela, uivo e nela existo; e sem ela, se
Algum dia faltar-me mas, não me faltará,
Continuarei perdido; e aos perdidos do
Mundo, se algum dia pensásseis em mim,
No que estou a fazer, no exato momento
Em que pensásseis em mim, a conclusão
Seria que, estou a fazer poesias, a
Escrever poemas, outra forma de vida,
Não poderia habitar-me; e são nestas
Poesias que tenho o meu único 
Momento de conforto; depois da 
Passagem da luz, depois da virada 
De página, no fim, só estas 
Poesias perdidas que, farão com 
Que, os perdidos lembrem-se de mim.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

A língua é uma serpente que engolimos; BH, 01101102012.

A língua é uma serpente que engolimos
E o rabo ficou preso na nossa boca; a 
Língua é o chocalho da cascavel que,
Está dentro de nós, é a calda da víbora
Sibilina, da cobra maligna que, quando
Vibra, faz com que, falemos os impropérios
Com que, saudamos a humanidade e 
Todos esses répteis peçonhentos que,
Temos dentro de nós, só servem para
Nos fazer falar maldades, falar ruindades
Dos nossos semelhantes; e o pior 
Órgão do corpo humano é a língua, 
Língua ferina, exterminadora, avassaladora;
É chicote, é chibata, é venenosa e 
Quando menos esperamos, nos acusa e 
Nos trai; nos afunda na lama e destrói
Progresso e futuro, destrói sonhos e 
Com a mentira bane a realidade e 
Emplaca a falsidade; se há algo com 
Que temos que tomar cuidado, é 
Com a nossa língua; não respeita irmãos,
Pais, parentes de forma alguma; não
Respeita, às vezes, nem a nós mesmos; 
Nossa língua é de nos causar vergonha
E muitas vezes não cabe dentro da nossa 
Própria boca e revela ao mundo, o nosso
Mundo interior; cautela, cuidado, cada 
Um a tomar conta de sua serpente, sua
Víbora e sua cobra e morda sempre a 
Ponta do rabo antes de falar.

Cadê as inspirações mais divinas e mais; BH, 01101102012.

Cadê as inspirações mais divinas e mais
Celestiais? quem tem direito a tais inspirações?
Cadê as imaginações mais infinitas? quem
Tem o privilégio de as perceber? cadê as
Criatividades mais sobrenaturais? quem
Tem a capacidade de possá-las às formas
Físicas? quando os pássaros somem do 
Céu, as nuvens vão atrás deles e só o 
Sol reina no azul do firmamento 
E quanto mais azul é o azul do firmamento, 
Mais verde é o verde da natureza;
Quando as águas dormem, os peixes sonham
E fazem os poetas sonharem, pois, poetas
Sem essas inspirações, sem essas meditações,
Sem essas imaginações, criatividades e
Citações, são poetas mortos; a nossa 
Obrigação é varrer universos, varrer
Madrugadas, perder noites e noites 
Para encontrar esses encantos que,
Podem encantar aos que não são 
Encantados, não são chuvas, não são
Ventos, não são raios, não são relâmpagos,
Não são trovões, não são espíritos, não são 
Neblinas, não são cerrações, não são orvalhos, 
Não são serenos, não são névoas, não são
Madrugadas, não são garoas, não são
Chuviscos, não são coriscos, não são
Fagulhas, não são faíscas, como são
Os poetas que, são todo tipo de composição;
Cadê esses burilos? cadê esses bolinos?
Cadê esses malinos? os poetas despertam?
E eles vão dormir? não, a ansiedade os espera.

Corcunda porque carregas assim essa tua corcova na cacunda; BH, 01101102012.

Corcunda porque carregas assim essa tua corcova
Na cacunda ? és um camelo, ou um 
Dromedário? és um mamute, um 
Mastodonte, ou um elefante? que tipo 
De animal és, corcunda, com esse 
Cupim, esse monturo, essa elevação
Escavada nas costas? nem Quasímodo
Era tão corcunda assim como tu e nem
Tão disforme e monstruoso; é por isto
Que esquivo-me nas folhagens, camuflo-me
Nas ramagens e refugio-me nas mais
Densas cavernas; todos que me veem, assustam-se
E assombrados, procuram as sombras, devido
Ao meu aspecto sombrio; porém, percebo que,
Não és um animal feroz, sanguinário, 
Predatório; metes medo mas, não atacas
E covarde só foges, medroso; falarei aqui
Das trevas onde estou, para não impressionar-te
Mais, não sou predador, meu alimento é o 
Vento e bebo chuva, como raízes e frutas e
Frutos, a abelha oferece-me mel e por cama
Tenho a relva; e só sais à noite? de dia,
Só quando o tempo está bem fechado e 
Posso mover-me livremente, de noite, só
Em lua nova e com poucas estrelas no 
Céu e muitas nuvens; posso conhecer tua
Caverna? tenho uma lanterna aqui comigo;
Seja bem-vindo á minha humilde morada
E aquele orifício no alto, lá no teto, o que é?
Dali observo o universo, quando sinto-me
Muito solitário e é justamente, nessa hora,
Que estou mais próximo de entrar no santuário. 

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Moves essa mão em movimentos sinuosos; BH, 01101102012.

Moves essa mão em movimentos sinuosos,
Em dança de balé clássico, na face 
Da folha deste papel palco; moves 
Essa mão morta, esse pulso inerte,
Em performance de atos de artes
Cênicas, de cenas de cinema, de 
Árias de óperas; moves essa mão 
Defunta, decepada desse braço
Sem corpo e desdenhas dos desenhos 
Da realidade; saias desse abismo
Sepulcral e habita de novo um 
Corpo, seja habitante dessa nova
Habitação de carne e osso e beba
Desse sangue arterial; é doce, é
De mel, é de leite fresco de 
Mamíferos selecionados; é de vinho
De uvas das mais altas castas; moves
Essa mão, a poesia ordena-te, moves
Essa mão e canta uma canção, o 
Vento agoniza, está de pé a espera 
De ti; a agonia do poema em luta
Pela sobrevivência, exige de ti, uma
Nova vida; são muitas, milhares as vozes
Que querem falar aos teus ouvidos; terás
Que ficar desperto de geração em geração,
A gerar conceitos com essa mão; moves
As pálpebras, bates os cílios e as pestanas,
Pulses os globos oculares, estás vivo, sim,
Percebo que estás vivo, revigorado,
Com tutano nos ossos, com medula,
Entranhas, organismo, estás vivo, que 
Percepção, salva a poesia com o teu coração.   

LUIS NASSIF: O condomínio Solaris pode ter sido o Riocentro da Lava Jato.


A operação descobriu um elefante - a Mossack Fonseca - e agora não sabe como escondê-lo para não comprometer os Marinho.
Está ficando cada vez mais interessante o jogo da Lava Jato.
As novas peças do tabuleiro mostram uma reviravolta no chamado modus operandi da Lava Jato, uma inversão total da estratégia original, de cobrir a operação com o manto do legalismo e da isenção.
Fato 1 – na semana passada, a decisão “inadvertida” de Sérgio Moro de vazar informações sobre um inquérito supostamente sigiloso sobre o sítio de Atibaia.
Fato 2 – no rastro da porteira aberta, procuradores e delegados vazam para a revista Veja a relevante informação sobre as caixas de bebida de Lula, transportadas de Brasília para o sitio em Atibaia. Ou seja, uma armação que coloca em risco a imagem de isenção da Lava Jato e que resulta em um factoide que despertou reação indignada até de juristas inicialmente a favor da operação, como Walter Maierovitch, um ícone na luta contra o crime organizado, por meramente ser uma invasão da vida privada de Lula.
Fato 3 – O procurador Carlos Fernando dos Santos, o mais imprudente dos procuradores da Lava Jato, em entrevista ao Estadão escancara o viés partidário da operação. “A Força Tarefa Lava Jato ainda pretende demonstrar além de qualquer dúvida razoável que todo esse esquema se originou dentro das altas esferas do Governo Federal”.
Se acha assim, que investigue. Qual a razão para sair apregoando suspeitas?
O bordão anterior de que “a Lava Jato investiga fatos, e não pessoas” é substituído por insinuações graves contra as “altas esferas do Governo Federal”, modo pouco sutil de se referir a Lula.
Qual a razão desse açodamento? O que teria ocorrido internamente na Lava Jato, para essa mudança no modus operandi?
Há uma articulação nítida entre três operações: a Lava Jato, a Zelotes e a do Ministério Público Estadual de São Paulo. As três visam pegar Lula.
Ao mesmo tempo, aparentemente houve alguma perda de controle da Lava Jato sobre seus vazadores, que se comportam como os “radicais, porém sinceros” do regime militar, expondo questões altamente delicadas no modo de atuação de Moro e seus rapazes.

O caso Solaris

O pepino começou com o caso Solaris, o edifício que tem o tal tríplex que pretendem atribuir a Lula.
Na investigação sobre o Bancoop, o MPE de São Paulo já tinha levantado o fato de alguns apartamentos do edifício estarem em nome de uma lavanderia, a Murray Holding LLC.
A Lava Jato julgou que estaria ali a pista para pegar Lula já que os apartamentos não vendidos do Solaris teoricamente deveriam ser de propriedade da OAS. Mesmo já estando sob investigação do MPE, a Lava Jato se apropriou do tema e tratou de adubar o terreno com a parceria com veículos, especialmente da Globo.
Acompanhem a cronologia para entender o pepino que a Lava Jato arrumou para si própria:
27/01/2016 – a Lava Jato vaza para a revista Época (das Organizações Globo) a informação de que vários apartamentos estavam em nome da Murray Holding, empresa da holding panamenha Mossack Fonseca. No dia 22 de janeiro, dizia a matéria, a Polícia Federal captou uma conversa telefônica entre Carolina Auada e seu pai Ademir Auada, representante da Mossack no qual ele diz estar picando papéis. Segundo a revista, a queima de arquivos começou depois que a reportagem tentou entrevistar uma ex-funcionária da Bancoop, Nelci Warken, que teria transferido imóveis para a Murray (http://glo.bo/1TfPals).
27/01/2016 – chegam à Superintendência da Polícia Federal Ricardo Honório Neto, Renata Pereira Brito, com prisão temporária decretada. Outras pessoas ligadas à Mossack não tinham sido encontradas. Segundo a PF, Renata Brito seria funcionária de confiança da Mossack no Brasil. E Nelci Warken apresentada como responsável por um tríplex no Condomínio Solaris. A 22aOperação da Lava Jato mobilizou 80 policiais. Segundo o G1, das Organizações Globo, entre os crimes investigados estão corrupção, fraude, evasão de divisas e lavagem de dinheiro”. (http://glo.bo/1VcuJ87)
28/01/2016 – o Globo traz uma excelente reportagem mostrando as ligações da Mossack com ditadores e delatores. Segundo a reportagem, a Mossack é acusada de financiar ações de terrorismo e corrupção no Oriente Médio e na África. Na relação de prioridades das polícias mundiais, o crime de terrorismo ocupa o primeiro lugar. The Economist tratou a empresa como “líder impressionantemente discreto da indústria de finanças de fachada do mundo”. Era uma “fábrica de offshores à disposição de empresários e agentes públicos interessados em ocultar bens no exterior”. Na lista de clientes havia o ditador sírio Bashar Al-Assad, o líbio Muammar Gaddafi, o presidente do Zimbabwe Robert Mugabe e três figuras centrais da Lava Jato, Renato Duque, Pedro Barusco e Mário Goes.
28/01/2016 – No mesmo dia, o DCM publica uma matéria sobre a casa da família Marinho em Parati (http://bit.ly/1TfQ0yy). Recupera uma reportagem da Bloomberg de 8 de março de 2012 (http://bloom.bg/242ZsdF). A reportagem narra os crimes ambientais da família Marinho.
Duas declarações chamaram a atenção dos repórteres da Bloomberg:
Da fiscal do CMBio Graziela Moraes Barros: “Muitas pessoas dizem que os Marinhos mandam no Brasil. A casa de praia mostra que a família certamente pensa que está acima da lei”.
De Fernando Amorim Lavieri, procurador que passou três anos batalhando contra os crimes ambientais na região: “Os brasileiros ricos conseguem tudo”.
A reportagem pretendia apenas expor os crimes ambientais dos Marinho. Mas abriu uma caixa de Pandora, como se verá a seguir.
29/01/2016 – A revista Época publica matéria alentada dando mais foco nos negócios nebulosos da Murray. O título já mostrava qual o alvo perseguido: “Nova fase da Lava Jato mira na OAS, mas pode acertar Lula - MP diz que todos os apartamentos do condomínio onde ex-presidente tem tríplex reservado serão investigados” (http://glo.bo/1TfPals).
Segundo a revista, “o foco na Mossack é outro passo grande dado pela Lava Jato. Criada em 1977 no Panamá, a Mossack Fonseca tem representações em mais de 40 países. É famosa pela criação e administração de offshores, frequentemente usadas como empresas de fachada. O cumprimento do mandado de busca na sede brasileira da Mossack só se encerrou na quinta-feira – peritos viraram a madrugada para baixar e-mails e documentos armazenados em serviços de arquivos virtuais, pelo servidor central da empresa. A coleta de provas no local foi igualmente proveitosa. Além das centenas de offshores nas mensagens e documentos eletrônicos, os policiais arrecadaram papéis com o nome de clientes, cópias de passaportes, comprovantes de endereço e nomes da offshore criada. Um pacote completo. As apreensões devem motivar algumas centenas de inquéritos e levar a Operação Lava Jato para um gigantesco canal de lavagem de dinheiro. A apreensão poderá gerar filhotes por anos”. Como diriam os garimpeiros, a Lava Jato “bamburrou” – isto é, descobriu uma verdadeira mina de ouro para suas investigações.
31/01/2016 – O Estadão reforça as informações sobre a Mossack Fonseca, informando que autoridades norte-americanas investigam a Mossack por conta de dois argentinos acusados de desviar dinheiros de estatais argentinas nos governos Nestor e Cristina Kirchner. Naquele dia, Moro renovou a prisão temporária de Nelci mas libertou Ricardo Honório Neto e Renata Pereira Brito,
De repente, a Mossack some do noticiário, que passa a ser invadido por notícias de pedalinho, barcos de 4 mil reais.
Uma pesquisa nos sistemas de busca da FolhaEstadão e Globo mostra que as últimas menções à Murray e à Mossack são de 1o de fevereiro.
04/02/2016 – O Edifício Solaris sai completamente do foco da Lava Jato. A Polícia Federal solicita ao juiz Moro para ampliar as investigações do IPL (Inquérito Policial) que investiga a suposta ocultação de patrimônio e lavagem de dinheiro da OAS. A solicitação de ampliar o escopo para outras empresas revelava que havia acontecido algo novo, que fez a Lava Jato abandonar o tríplex para se concentrar no sítio em Atibaia.
05/02/2016 – Moro manda libertar a publicitária Nelsi Warken e o empresário Ademir Auada, que havia sido detido sob suspeita de estar destruindo documentos. A justificativa de Moro é surpreendente: "Apesar do contexto de falsificação, ocultação e destruição de provas, (...) na qual um dos investigados foi surpreendido, em cognição sumária, destruindo quantidade significativa de provas, a aparente mudança de comportamento dos investigados não autoriza juízo de que a investigação e a instrução remanescem em risco", escreveu ele ao justificar a soltura (http://bit.ly/2430pmr). Ora, a possibilidade de queima de arquivos e de atrapalhar as investigações foram o mote para a manutenção de todas as prisões preventivas. Como abre mão desse argumento justamente para um sujeito flagrado eliminando documentos? E aceita a tese da "aparente mudança de comportamento dos investigados" para liberta-lo.
A justificativa colide com informações da própria Lava Jato repassadas à revista Época: “Clientes da panamenha Mossack Fonseca vão ser investigados para averiguar se faziam parte do esquema de corrupção na Petrobras ou se cometeram outros crimes. (...) A empresa panamenha Mossack Fonseca também foi alvo de buscas, porque foi ela quem criou a offshore Murray. Mas representantes da Mossack Fonseca atrapalharam os policiais e deletaram arquivos guardados na nuvem da empresa”.
Á luz das informações divulgadas até então, não havia lógica na decisão de Moro.
09/02/2016 – No dia 4 Moro autorizou a PF a ampliar a investigação do sítio em Atibaia, que deveria ser sigilosa. No dia 9 o próprio Moro liberou “inadvertidamente” a informação e os dados do novo inquérito.
11/02/2016 - Excepcional reportagem de Renan Antunes de Oliveira para o DCM (http://bit.ly/1U0KQHk), onde pela primeira vez levanta o nome da Agropecuária Veines, proprietária legal da mansão e da praia dos Marinho.
12/02/2016 – reportagem de Helena Sthephanowitz, no RBA (Rede Brasil Atual), que pega a dica da Veine e informa que a mansão dos Marinho, em Paraty, é de propriedade de uma offshore, a Vaincre LLC, controlada pela mesma Murray Holdings LLC, a empresa dona dos apartamentos em Guarujá (http://bit.ly/1SoRhEw) e que pertence à Mossack Fonseca.
13/02/2016 – o Viomundo, do Luiz Carlos Azenha, completa a informação com um levantamento minucioso das ligações da Mossack Fonseca com a mansão dos Marinho em Paraty (http://bit.ly/1SoRnMA).
Era a peça que faltava para entender esses movimentos erráticos da Lava Jato. Aparentemente foi para impedir que viessem à tona os atropelos dos Marinho com a Mossack Fonseca.
O procurador Carlos Fernando e seus colegas, os delegados federais e o juiz Sérgio Moro trocaram a possibilidade de desvendar o submundo da lavagem de dinheiro no país pelos móveis que a OAS comprou para o sítio de Atibaia. Pois, como enfatiza o procurador, a Lava Jato não investiga pessoas, mas fatos.
Em recente entrevista ao Globo, o procurador Carlos Fernando desabafou: “Sempre soubemos que a longo prazo as elites vão  se compor de maneira a reduzir os prejuízos que tiveram com essas operações”. O desfecho do caso Mossack Fonseca é um belo CQD (Como Queríamos Demonstrar).
Como não existe nada perfeito, assim como no caso do Riocentro a Lava Jato liberou seus radicais para explodir petardos em Guarujá. Por açodamento, explodiram em Paraty.
No Riocentro, o coronel Job conseguiu montar um inquérito isentando a todos.
Em tempo de redes sociais, impossível.