quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

É uma calamidade a estupidez é uma; BH, 0301102012.

É uma calamidade a estupidez é uma 
Calamidade sem fim e unida à ignorância
Ficam eternas e nem a morte as separam;
E o que é mais triste constatar, é que, ao 
Contrário de não parecermos estúpidos,
De não parecermos ignorantes, ao nos 
Levar a agir justamente assim: estúpidos 
E ignorantes; passamos a impressão de
Que temos vergonha da educação, de
Que abominamos a cultura e de que só
Nos interessamos por coisas vis,
Superficiais, grotescas; particularmente,
Luto para pôr fim à minha estupidez e à 
Minha ignorância e não é fácil; quando
Penso que atingi um nível de educação
Cultural, sem estupidez, sem ignorância, 
O dia a dia leva-me a repensar os meus
Conceitos; e em muitas oportunidades,
Para sobreviver, tenho que agir com o 
Dobro de ignorância, de estupidez e 
De falta de educação do outro, para 
Não ser engolido por ele; e passo-me
Por animal, com verdadeiro instinto
Predatório e selvagem, primata e 
Acabo por nivelar-me por baixo e 
Sinto-me menor e pior ainda, por 
Esquecer-me dos meus princípios; 
Tenho um sonho de que um dia nos 
Livelaremos todos por cima, numa 
Mesma superioridade educacional,
Cultural e comportamental; e dentre 
As calamidades que poremos fim no 
Nosso meio, estarão as nossas vis
Estupidezes e as nossas vis ignorâncias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário