terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Não posso assumir este papel não sou; BH, 0701102012.

Não posso assumir este papel não sou
Ético e nem coerente; vestir esta 
Carapuça, requer personalidade e 
Não sirvo para este tipo de personagem;
Não tenho como ser protagonista 
Deste filme, falta-me tarimba,
Experiência e dedicação; não
Posso vestir este capuz sem ter 
Intuito e intuição de quem 
Exerce, carrega tal atividade; que 
Postura apresentarei? qual o comportamento
Adequado tomarei? que atitude devo
Demonstrar para desfilar com tal vestimenta?
Frases sábias não nascem de mim,
Terei que permanecer calado; sentenças
Inteligentes não sei proferir e diante
De todos ficarei mudo; é que demorei
A andar, demorei a falar, demorei a 
Ler e demorei a escrever e a nadar,
Andar de bicicleta, brigar e namorar;
Foram para mim tarefas mais árduas
Do que os Doze Trabalhos foram para Hércules,
Só a covardia já condena-me por falta de 
Decoro; e o medo desclassifica-me antes
De começar a competição; não, não posso
Participar de tal cimeira e nada 
Acrescentarei de produtivo aos debates e 
Aos diálogos travados; é que demorei a 
Raciocinar, a aprender matemática e os 
Cálculos de aritmética? minha mãe só 
Faltava morrer de possessão e raiva;
Conclusão: tu poeta? não, tu poeta, não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário