sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Não faço texto para viralizar; BH, 050802016.

Não faço texto para viralizar, faço texto
Para ser refletido, para lutar o bom e o 
Mau combates, a usar todas as armas 
Disponíveis: soco na cara com soqueira,
Murro no olho com soco inglês, mordida
Com dentes ferozes, arranhões com 
Unhas de feras e espinhos de ferrões; não
Faço texto para ser banalizado, deixado 
De lado, esquecido logo em seguida e 
Guardado na lata de lixo; faço texto para
Atacar os cachorros vira-latas complexados,
Os lesa-pátria entreguistas, as toupeiras de 
Plantões e os zumbis eletrônicos manipulados
Pelo PIG, Partido da Imprensa Golpista, pela
Máquina nociva da mídia e os robôs fascistas;
Faço textos para destruir a plutocracia, detonar
A cleptocracia, derrubar a burguesia e enterrar a 
Elite; e para dar chutes no saco da direitona
Raivosa odienta colérica, da justiça sem-vergonha,
Vagabunda, sanguessuga da nação trabalhadora
Brasileira; meu texto é vômito na boca faminta
Da camarilha dos deputados, é regurgitação de 
Bílis na garganta profunda desse senado covil 
De bandidos e desse executivo usurpador,
Golpista, protetor de corruptos e que fez com 
Que o país seja visto aos olhos do mundo, como
Um país de corrompidos e de corruptores; faço 
Texto para chamar o povo à realidade e 
Impedir este golpe sujo de estado, restabelecer
A normalidade e trazer de volta ao lugar 
Ocupado pelo interino traidor, a legítima
Proprietária do cargo e eleita por sufrágio
Universal, a Presidenta Dilma Vana Rousseff,
Verdadeira representante do povo trabalhador 
Brasileiro; e com o que querem a plutocracia, a 
Cleptocracia, a burguesia, a elite, o judiciário,
O legislativo e o executivo que acabam com a 
Democracia brasileira, com a cidadania do povo
E a soberania da nação, vergonhosamente.  

Um comentário: