sexta-feira, 30 de novembro de 2012

STF, Supremo Tribunal Federal; BH, 02801002012.

STF, Supremo Tribunal Federal, 
Punir crimes é uma coisa, fazer política, e
De modo tão parcial, é outra; o certo
É deixar a política restrita aos partidos
Políticos e aos políticos; um tribunal
Que concede dois Habeas Corpus, a
Toque de caixa, para um banqueiro,
Velho conhecido da justiça, Daniel
Dantas, e mais a Salvatore Cacciola,
Ao médico monstro Roger Abdelmassih,
Não sustenta moral nenhuma; soa tudo
Falso no STF, Supremo Tribunal Federal;
Políticos do PT, Partido do Trabalhadores,
Cometeram crimes? há provas robustas?
Há evidências ou suposições ou ilações?
Porque as regras são mudadas? para uns
Partidos a brandura, para outros a nefasta
Espetacularização? a PGR, Procuradoria
Geral da República, sempre complacente,
Engavetadora, agora estupradora? e
Cassam a presunção de inocência, abolem
In dubio pro reo, recorrem ao domínio do
Fato, numa parcialidade descarada, e a
Torcerem para que outros partidos tirem
Proveitos da Ação Penal 470? que as
Condenações influam nas eleições? é uma
Vergonha; para mim STF, PGR e o PIG,
Partido da Imprensa Golpista, são todos
Verdadeiros golpistas; cidadão comum,
Sou contra todo tipo de crime, mas quero
Ver todos os direitos preservados, total
Imparcialidade, provas, não as mudanças
De regras com o jogo em andamento, e
Não a teatro para a mídia, promovido
Pelos ministros e ministras; se a mídia
Pode pressionar o STF, a PGR, penso
No mesmo direito, e de criticar, idem;
Justiça, porém, igualitária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário