terça-feira, 19 de julho de 2016

A inspiração é uma luz que ilumina; BH, 0160702016.

A inspiração é uma luz que ilumina
E conduz, a quem a segue e mesmo
Que cego seja, a enxerga nos vales,
Meandros, labirintos, nas sombras, 
Na vida e na morte; e se há uma coisa
Que, um inspirado sabe fazer, é a 
Imortalidade, o inspirado é eterno, 
Perpétuo, é a própria posteridade; 
Enquanto todos dormem, ou morrem,
O inspirado sonha, visita universos, 
Navega no infinito, vai ao passado, 
Vai ao futuro, sonda o presente; manda
Notícias do aquém para o além e 
Capta notícias do além para o aquém; 
E vice-versa é um verso, uma estrofe, 
Um poema, um soneto, um gracejo,
Uma graça de criança, uma infância 
De menino feliz; mas, a inspiração é 
Sempre elevada, ouro maciço depurado,
Mel de abelha rainha, geleia real, queijo 
Do reino, leite de rena; é água mineral
De nascente celestial, é pedra preciosa
De manancial divinal; muitos pela 
Inspiração deram a vida e quantas vidas
Tivessem, mais vidas teriam dado, por 
Um momento raro, único de inspiração;
E vive sem agonia, vive sem angústia,
Vive sem desespero e depressão, curado,
Sarado, livrado das doenças do mau-olhado,
Do olho gordo e do olho seco e do olho
Furado; e é só maravilha de maravilhado
E é só sorrisos de alegria, música de 
Cantoria, dia e noite, noite e dia, na 
Psicologia, na harmonia e na filosofia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário