segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Feliz é quem tem um dom duma letra nova; BH, 0280102017.

Feliz é quem tem um dom duma letra nova,
Que forma uma palavra recém-nascida, uma
Ordem mundial que dite os trâmites legais e
Geniais da natureza; feliz não é o que tem
Todo o dinheiro do mundo, quer o lucro a
Qualquer custo, vantagem custe o que custar;
Feliz é quem tem um dom duma sorte,
Consciência, sapiência, o restante lhe será
Acrescentado pelo universo; e nasce uma
Nascente, a água é diferente, lágrima de
Inocente, ausência de hipocrisia de gente;
O capitalismo não morre nunca e deixa seus
Filhotes famintos, suas hienas selvagens, suas
Feras bestas endiabradas; e devoram bebês,
Mães, pais, o país, toda a referência libertadora;
E o que se esperar de quem não que ser
Esperado? e aborta pensamentos revolucionários;
E não muda a muda, a raiz, a semente e não 
Germina uma célula reproduzida, um tecido
Limpo, uma textura inovadora; e a mensagem 
Vai além, os loucos falam com pedras, flores,
Passarinhos, rochas, folhas, ramos; e os 
Loucos riem para as paredes, cantam em 
Alegria e os ditos normais matam o que 
Os loucos falam; e os loucos são os que 
Estão certos e os ditos normais são os que 
Estão errados; e acabam no fim em vão a porem 
Fim na vida vã, vida leviana, de proxeneta,
Prevaricador, apedeuta, a respeito das coisas
Superiores; oh, morbidez angelical, bisonhice
Celestial, bizarrice divinal e passam ao semelhante
Terreal, ao fazer e desejar o mal, mas sem a 
Cara de mau; o sorriso é de criança, puro como
Um sangue depurado, doce como um mel de 
Fava imperial, de abelha rainha e sua geleia real;
Surreal, o humano sempre será demasiadamente
Humano e nunca real; cabeça de vento, de nuvem,
Fumaça, névoa, neblina, serragem e destituída
Dalgum pensamento servido de alavanca para 
Desobstruir e mover os caminhos empedrados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário