sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Nelson Mandela Madiba; BH, 0501202013.

Nelson Mandela Madiba, 
Nesta hora, o mundo todo, já disse de
Tudo, o que há de se dizer de ti;
E preciso dizer, também, alguma
Coisa, mas, dizer o que, dum
Homem da tua imensidão? da tua
Envergadura? o que dizer dum
Homem que traz no bojo, toda a
Magnitude do universo? e a
História fica pequena para contar
A tua história; teria que ter uma
Bíblia, uma biblioteca, e a tua
História não caberia nessas
Coleções, catálogos, acervos;
Qualquer outro ser humano,
Nas tuas condições, desistiria
De lutar, desistiria da vida, e se
Entregaria aos inimigos; e os
Enganaste durante longos vinte
E sete anos, quando acreditavam
Que tinham-no preso, e eras um
Livre pensador, mais livre até
Do que eles; e tiveram que se
Vergar, tiveram que reconhecer
Que eras um gigante; impossível
Prender-te em masmorras, em
Calabouços, pedreiras de serviços
Forçados; e preciso ter algo à
Altura para dizer a ti, que soubeste
Dar ao teu povo amor, a paz, e
Tiveste também do teu povo, o
Mesmo amor, e a mesma paz,
Com os quais dormes o sono
Merecido dos justos na eternidade;
Muito obrigado por tua história.

                                                           BH,0501202013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário