segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Posso não tocar guitarra com o estilo; BH, 02301202012.

Posso não tocar guitarra com o estilo 
Que Jimi Hendrix tocava, no qual embasbacou
Jeff Beck, Eric Clapton, Stones, Who, a ponto
De Brian Jones sentenciar, isso não é guitarra,
É outra coisa muito mais louca e bonita
E Pete Townshend disparar: depois de ver
Esse cara, não toco mais guitarra; e com
Certeza, eles podem não escrever, do estilo
Que escrevo; eles nas guitarras são deuses,
Soberanos e cá nas letras, palavras,
Posso ter os meus desígnios clássicos; e
Numa arte que não chama muito a atenção,
Requer muita solidão para fazê-la; e quando
É feita, não tem o efeito de agradar a todos,
Como acontece com quem toca algum
Instrumento, com virtuosidade; e me pego
A falar o mesmo, dos grandes craques das
Artes futebolísticas, não os das letras, das
Palavras escritas, mas os das artes
Encantadoras do gramados; nunca serei
Um deles, nem em pesadelo, quanto mais
Em sonho; os gols que marco, só serão
Vistos, ou sentidos, ou entendidos, pelos
Que se dispuserem na aventura de lerem
Estas partidas narradas por fantasmas;
Geralmente, não acerto a mosca, ou o
Alvo, como os atiradores de elite, mas
Vivo carregado de munição, para atirar
Para todos os lados; só não quero que as
Minhas balas perdidas acertem as crianças,
As mulheres, ou os homens de boa vontade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário