quinta-feira, 19 de junho de 2014

Empresarial Nicolau Jeha, 22; BH, 01601002012.

Quando aprenderei as lições das coisas que estão no mundo?
Não sei quando aprenderei,
Mas preciso urgentemente aprender as lições das coisas que estão no mundo;
E decorar item por item dos princípios
E das leis que geram a natureza
E o universo,
Como o Al Corão é decorado nas Madrassas;
As coisas estão no mundo,
Na natureza
E no universo
E preciso aprender;
Não posso ficar doente sem saber,
Não posso morrer sem conhecimento;
E para me curar,
Ficar sarado,
Sanar-me,
Preciso entender,
As coisas que estão aí à disposição no mundo,
Na natureza
E no universo;
E quem aprende essas coisas,
Aprende a ser eterno,
A passar vivo à posteridade;
E chega à eternidade
E não sai mais do infinito;
E quero morar no infinito,
Virar constelação,
Aglomerado de galáxias;
Mas sem aprender,
Não conseguirei nada disso;
A senha é aprender,
É não ser mais analfabeto,
Apedeuta,
Nem ignorante;
A meta é aprender
E não ser mais estúpido
E nem poço de estupidez;
E liberdade é quando a lucidez paira no ser,
E o ser se sente possuído de sabedoria das coisas que compõem o mundo,
A natureza
E o universo;
E para ser feliz,
Preciso aprender a adquirir a lucidez,
Desta sabedoria que me envolve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário