segunda-feira, 4 de março de 2013

Cada vez mais sinto fascinação pela Democracia; BH, 0220402004.

Cada vez mais sinto fascinação pela Democracia
E tenho verdadeiro deslumbramento pelo poder 
Do povo trabalhador e atração pelo poder para 
O povo; a Democracia é irresistível, e é com enlevo 
Que falo dela, pois, não existe regime que deixe
Realmente fascinado, quem quer ser livre, ama
A liberdade, como a Democracia; quando falo
Nela, falo deslumbrado, enlevado mesmo e cada
Vez mais encantado; o poder da Democracia é
Encantador, chega até a sedutor e só mesmo
Aquele que não a ama é quem não sente o
Seu efeito deslumbrador; nenhum outro modo de
Governo é mais fascinador do que a Democracia;
É necessário que o povo não se iluda com outro
Tipo de governo; ditadura não é fascinante e nem
Tem o teor encantador que tem a Democracia;
O único regime que pode trazer na forma de
Governo a liberdade, a fraternidade e a
Igualdade, é a Democracia; els deveria ser
Escrita sempre em letra maiúsculas e causar em
Cada cidadão, um efeito fanatizador de soberania;
Uma cidadania que fanatiza e que saiba tornar
Cada um fanático por seus direitos e por suas
Obrigações, pois a Democracia deveria a cada
Dia, fanatizar a cada um de nós, mais e mais;
Ela é que nos deveria inspirar o fanatismo
Do civismo, da cultura e da educação; nos
Inspirar simpatia veemente pela saúde e
Pela segurança, e assim afastar do nosso
Cotidiano a fancaria, a coisa mal feita e
Ordinária que herdamos da burguesia e da
Elite grosseiras; basta de carregação sem perfeição
E imitação grosseira; só a Democracia é
Autêntica e verdadeira; só ela transforma o
Fanchone, pequeno carro ou tábua grossa, com
Quatro rodízios, em conceitos reais de politização,
Conscientização, com apoteose elevada em
Um verdadeiro fandangaçu de felicidade;
O baile carnavalesco, popular, ruidoso e
Animado, o fandangar de alegria, é o
Resultado da verdadeira Democracia; qual
É o povo que não gosta de um fandango?
Uma dança de origem espanhola, ou uma
Música para essa dança, em certos bailes bem
Ruidosos da gente do campo, ao som da viola?
Em qualquer baile de folia, sem conflito e
Um bom barulho e um boa arruaça, no
No lugar de uma guerra de verdade? qual
É o povo que não gosta de fandanguear de
Júbilo, meter-se em pândegas, ou folias? a
Democracia também tem seu lado fandangueiro,
O fandanguista também tem a sua homenagem à
Democracia; não fiqueis com raiva de
Mim por dar tantas graças e adjetivos a
Ela, ela nos merece e nós a merecemos;
E temos que zelá-la, consolidá-la e se
Possível defendê-la com a própria vida;
Com consciência, educação, cultura, cidadania,
Soberania, direito, dever, saúde, princípios,
Ética, verdade, coragem, vontade, nada nos abalará,
Mesmo, no nosso caminho ao seio da Democracia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário