terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Levais o poeta ao cadafalso; BH, 01901202013.

Levais o poeta ao cadafalso;
Porque levar o poeta ao cadafalso?
O que fez o poeta?
Levais pelo que não fez
E nem faz;
Não gera lucro ao estado,
Não paga imposto;
É anarquista,
Não respeita o congresso nacional;
Quer acabar com as câmaras de vereadores
E as assembleias legislativas;
Quer acabar com as polícias civis
E militares
E as forças armadas;
Quer acabar com os tribunais,
Com as religiões
E tudo que explora,
Escraviza,
Humilha
E agride o povo;
O poeta só não consegue fazer nada disso,
O poeta sozinho não faz tempestades,
Não faz nada;
Não faz dinheiro,
Nem falso;
Não trabalha,
Fala mal da elite;
Despreza a burguesia,
Não respeita nenhuma autoridade constituída;
Doutor...
Deixai o poeta lá onde está,
Em cima da pedra,
A tomar sol,
A falar sozinho
E a espantar as moscas dos andrajos;
Não,
Alto lá,
Quero esse poeta,
Ser abominável,
Na ponta duma corda,
A balançar como um pêndulo,
Para aprender a ser útil à sociedade;
Não faremos isso,
O poeta só fala
E não faz,
Nem poesias escreve mais;
Já causou discórdia no nosso meio,
Já gerou descontentes
E subversivos,
Como vós,
Que não quereis atender o meu pedido,
De levá-lo ao cadafalso
E um dia,
Não desistirei,
Verei esse poeta pendurado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário