segunda-feira, 15 de junho de 2015

Fernando Damata Pimentel; BH, 0140602015.

Fernando Damata Pimentel, eleito Governador do
Estado de Minas Gerais, em eleições vencidas no
Primeiro turno, com fragorosa derrota imposta ao
Na época candidato do Aécio Neves, do PSDB,
Partido da Social Democracia Brasileira, aqui
Alcunhado de "demotucanalhada", se não livrar
Minas Gerais dos tentáculos malditos que o polvo
De Aécio Neves/Antônio Anastazia deixou de
Herança, não governará; se Fernando Damata
Pimentel, não der descarga nas borradas que,
Aécio Neves/Antônio Anastazia deixaram em
Cargos dos tribunais estaduais e espalhados por
Todo o judiciário mineiro; nas polícias civil e
Militar e regional da Polícia Federal, nas redes
De comunicação e mídias bovinas, não governará
O estado; precisará passar um borrão nas
Barrelas, no MPE, Ministério Público Estadual,
Limpar os serviçais, os serventuários da
Demotucanalhada, que só vão emperrar a
Máquina administrativa; a dupla Aécio/Anastazia
Mantém milhares de robôs muito bem pagos em
Postos estratégicos da imprensa, rádios,
Televisões e até nas sedes das citadas polícias,
Que são verdadeiros terroristas dos boatos e
Do quanto pior melhor; e destruir máquinas
Administrativas públicas, é com a demotucanalhada
Mesmo: começou com FHC, vulgo Fernando
Henrique Cardoso na Federal, quando quebrou o
Brasil três vezes; Mário Covas, José Serra,
Geraldo Alckmin em São Paulo que todos
Conhecemos as tristezas que são; Yeda Crusius
No Rio Grande do Sul, onde arrasou o estado
Gaúcho; Beto Richa no Paraná, exterminador
De professores e da educação e Marconi Perillo
Em Goiás, sócio de bicheiro e amigo de bandido
Como Demóstenes Torres; e aonde a
Demotucanalhada passa, é tragédia na educação,
Saúde, cultura, segurança, desvio de verbas,
Corrupções, mas, sempre souberam, a peso de
Ouro, proteger quem os defenda, impeça
As investigações e engaveta quaisquer denúncias
Que por acaso venham a incidir sobre um dos
Seus membros, está aí no STF, Supremo Tribunal
Federal, o cão de guarda servil Gilmar Mendes.

Um comentário: