segunda-feira, 29 de junho de 2015

Rio Grande do Norte, 916, 57; BH, 0110702012.

Daqui a pouco minha alma saberá
O que fazer, não importa, pode demorar
Um pouquinho; mas, o meu espírito
Tomará a iniciativa, a atitude
Que o meu ser deverá tomar; é
Madrugada e estou sem desespero e
Sem ansiedade; não parece verdade,
Mas, estou sem angústia, acreditais,
No momento não minto e sou um
Mentiroso inescrupuloso; mas, no
Momento, na primeira vez na vida,
Não estou em pânico; não posso dizer
Que me curei de minha esquizofrenia,
Não sarei minha paranoia, mas,
Presentemente nesta madrugada,
Ajo como se fosse um sarado; um
Imortal invulnerável, um Aquiles;
Não é brincadeira de criança
E nem sonho de velho, não
Sei para aonde foram os meus
Pesadelos; expulsaram-nos de mim
Para alguma manada de porcos;
Não os percebo dentro de minha
Capacidade de imaginação; não
São mais criações minhas, abdiquei
Do cargo de pastor de rebanho e de
Apascentador de ovelhas; daqui a pouco,
O dia amanhecerá, tenho paciência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário