sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Eu vou ser reeleito; RJ, 01º0701997.

Eu vou ser reeleito,
Eu sou o melhor,
Mais inteligente e perfeito;
Eu criei o real,
Quem ficar do meu lado,
Vai ganhar as eleições;
Quem colar comigo,
Vai ser reeleito;
Eu fiz isso,
Eu fiz aquilo;
O estado sou eu,
Eu sou absoluto;
Nada me abala,
Nada me abate;
A oposição é burra,
Os neobobos não estão com nada;
Fora com os sem terra,
Os sem teto e os sem tudo;
Essa mania de ecologia,
Está a impedir,
O desenvolvimento do Brasil;
Tem que vender tudo,
Entregar tudo
E botar fogo na Amazônia toda;
Para que índios?
Para que preservar madeira?
Incentivar o álcool de mentirinha?
Para ficar bem com os usineiros;
Eu sou o maior,
Eu sou o maioral;
E as baionetas estão aí,
Para me garantir;
Eu sou o monarca,
Do povo do Brasil
Eu sou o Fernando Henrique Cardoso,
O nefasto vulgo FHC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário