sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Para acomodar-se com facilidades, BH, 0180601999.

Para acomodar-se com facilidade,
Ser mais acomodável que eu,
Só o Fernando Henrique Cardoso,
O vulgo FHC, a barata sociológica;
Tenho feito um acompanhamento,
Da vida desse sujeito sujo,
E tudo que tenho visto,
Tem me deixado muito triste;
Gosto de acompanhar o dia a dia,
Do Fernando Henrique Cardoso,
O vulgo FHC e na reunião que participo,
É unanime a opinião,
Que não existe hoje em dia,
Pessoa mais preguiçosa,
Que Fernando Henrique Cardoso,
O vulgo FHC, o entreguista; e só
Aumenta o conjunto de pessoas,
Que querem vê-lo,
Longe do poder;
É grande o séquito de súditos,
Que perceberam o mal personificado,
Que esse presidente,
Tem feito ao Brasil;
E o conjunto de sons,
Para acompanhar a melodia vocal,
Ou a música instrumental,
A enriquecer harmoniosamente a voz do povo,
Em um grito uníssono é: renúncia já;
E peço ao povo para acompanhar,
Estar ou seguir tudo que este alguém faz,
Que é tomar parte e cobrar,
As falcatruas do Fernando Henrique Cardoso,
O vulgo FHC, num ponto final; e
Seguir os passos dele,
Que não gosta do Brasil,
Só vive a viajar,
Nas benesses do poder;
É colocar o homem na direção do povo,
Observar a fúria que ele tem,
Em vender nosso torrão;
Vejais a evolução dos acontecimentos,
Na decadência da nação;
É não participar das mesmas ideias,
E dos mesmos sentimentos,
Do Fernando Henrique Cardoso,
Vulgo FHC, a pátria dele são os USA;
É juntar todas as provas,
Executar todas as greves, movimentos
E boicotes capazes de dar um tempo,
Um basta, à destruição do Brasil. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário