quarta-feira, 1 de abril de 2015

Street Shopping Planalto; BH, 03001202012.

Mamãe, como não ser triste? como não
Chorar? se sabes? falas para mim; como
Não sofrer, mamãe? sou inseto, sou
Pueril e feito de poeira, como ser feliz,
Sem saber ser feliz? se soubesse a
Resposta, diria a ti e a ajudaria a ser
Feliz comigo; ensinaste-me a procurar a
Religião e a religião não ensinou-me nada,
A não ser a mentira; sou filho órfão de
Pai e inda tenho a ti como o meu rochedo;
Onde colocaria os pés sem a tua indicação?
Mostraste-me bem o caminho do bem e
Quiseste de mim um filho bom; decepcionei-te,
Não sou bom filho e nem um filho bom; tu
Viveste, vives e viverás com sabedoria; e
Tenho que agradecer-te pelos ensinamentos,
Mas não aprendi a ser alegre; não aprendi a
Viver, da mesma forma que não aprendi a
Aritmética que tentavas ensinar-me; és a
Culpada? não, culpado sou eu, longe de
Mim querer de tal maneira responsabilizá-la
Por minhas incapacidades e incompetências;
Barco de fracassos, navego em mares de
Incertezas e toda praia que chego, todo
Porto que desembarco, são de dúvidas;
E como que o futuro, pois, por mais
Moderno que seja, pode estar impregnado
Tanto com as coisas antigas do passado;
Mamãe, como não ser triste?

Um comentário: