segunda-feira, 23 de maio de 2011

(Modinha XXXVI)

Se eu não fosse assim e nem assado,
E inteligente e soubesse usar os cem
Por cento de minha mente, e fosse
Rápido e sincero, e não tivesse medo,
Do mundo e da vida, gostasse de viver,
De amar, de mim, e entender-me, e
Compreender-me, e tirar-me deste meu
Poço fundo, sem ser profundo, e nem
Vivesse superficialmente, e soubesse o
Que sou, e soubesse ser, seria muito
Mais vida; seria muito mais feliz, amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário