domingo, 22 de maio de 2011

(Modinha XXVIII)

Para se preparar uma Revolução,
É necessário, em primeiro lugar,
A união da massa explorada;
No Brasil, não existe unidade entre as
Classes; é esta unidade, é esta
União, que vão dar a base e a
Firmeza do movimento;
Em seguida a concentração
Das classes exploradas em volta
Dos ideais que levarão ao movimento;
A colocação, a explanificação à massa,
Das mudanças político-sócio-econômicas,
Que trarão a Revolução; a educação e a
Preparação para o movimento devem ser
De imediatas; depois destas providências,
É aí que vem a grande emancipação; a
Luta só deve ser armada se necessário for;
Só deve haver derramamento de sangue, se
Os opressores incitarem; antes a paralização
Geral de todos os meios, a desobediência
Civil, a ocupação das ruas, o acelerar da
Decadência da ditadura, virão de acordo
Com o andamento cotidiano da revolução;
Não nos corrompermos e nem nos iludirmos;
Estamos cansados de falsos sorrisos e de
Falsos apertos de mãos; queremos terra para
Plantar, queremos comida para comer;
Queremos maior e mais justa distribuição de
Renda; um ensino mais profissional e mais
Universidades, mais professores e o fim do
Vestibular; o ensino deve ser grátis; o amparo
Às crianças; a expulsão das multinacionais
Agressivas, nocivas e antidesenvolvimentistas;
A conservação integral da Amazônia e dos
Nossos índios; uma preocupação maior pelas
Coisas e pelo futuro do nosso país; os
Revolucionários não farão presos; estes terão,
Democraticamente, chances de se reintegrarem
Ao novo sistema; poderão se filiar à qualquer
Classe ou simplesmente voltar às suas funções
Normais; só terão novamente o poder através
Da luta pelo voto universal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário