segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Alameda das Princesas, 756, 112; BH, 0601002012.

Penso que todo aquele que pensa que, o
Mundo é um lugar de perdição, ou é
Profano, mundano, banal, habitado por
Demônios, capetas, satanases, espíritos
Iníquos, anjos caídos dos céus, deveriam
Abandonar o mundo; esses que olham
Tudo e veem lúciferes, demogorgons,
Asmodeuses, molochs em todos os
Lugares deveriam fazer suas mudanças
Para os céus imediatamente; para os que
Pensam que literatura é coisa dos diabos,
Cultura é algo do inferno, para energúmenos,
Arte é obra demoníaca, cinema é performance
Satanista, o melhor será retornarem às
Cavernas platônicas e acorrentarem-se
Em suas paredes subterrâneas; o mundo
É belo, á azul, é a nossa casa, o nosso
Lar doce lar, habitamos aqui e tratarmos
Os nossos semelhantes e seus comportamentos
De endemoninhados? quero viver é aqui,
Beber da água daqui, comer da comida
Que encontro aqui, respirar o ar, amar a
Mulher daqui e morrer aqui e aqui me
Acabar; não autorizo ninguém a dizer que o
Meu espírito irá ao purgatório, ou ao céu,
Ou ao inferno; só ao meu espírito e a mais
Ninguém caberá escolher a morada final;
Não pensais por mim, não peçais por mim,
Quem imagina que o mundo é inferno, é casa
De demônios, que mude do mundo para lugar
Bem longe; é este o meu pensamento a respeito
Desses profetas e suas profecias apocalípticas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário