segunda-feira, 31 de março de 2014

A vida acaba antes de começar; BH, 01301202013.

A vida acaba antes de começar,
Quando o ser pensa que é ser,
Acorda pó;
A vida acaba bem mais cedo do que o esperado,
É curta e grossa
E não manda recado;
Não tira retrato,
Não grava imagem,
Não deixa som nos ouvidos depois dos tímpanos;
Não deixa eco na alma
E nem cheiro no espírito;
A vida é um pito,
Que o universo passa a cada ser,
Que não sabe viver;
E a vida quer que cada ser a prolongue,
Dum mendigo a um bilionário,
Ávida,
A vida espera que cada um cumpra o seu dever
De aumentá-la;
A vida quer crescer em cada um
E o que cada ser sabe fazer,
É totalmente ao contrário: diminui-la,
Levá-la ao rés-do-chão;
E o que cada ser sabe fazer,
É torná-la turva,
Ensombrecê-la e ofuscá-la,
O que faz com que a vida sinta vontade
De acabar antes de crescer;
A vida é um mar,
É um universo
E é o que a vida quer,
Que cada um faça dela:
Um mar e um universo;
A vida não quer nem acabar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário