domingo, 14 de dezembro de 2014

Alameda das Princesas, 756, 49; BH, 020902012.

Aqui não passa ninguém, quanto mais um
Alguém, nem passo aqui; e quando
Olhei sem querer olhar, não é que
Vinhas lá; e pensei, Deus gosta demais
De mim, gosta tanto de mim, que
Deu-te para mim; é tua, toma
Lá, leva para casa; fiquei tão
Feliz, mas tão feliz, que sozinho,
Senti-me no meio de uma multidão;
Sozinho,vi-me acompanhado,
Tu estavas do meu lado, Deus estava
Do meu lado, eu estava do meu
Lado, minha alma estava do meu
Lado, meu ser estava do meu lado,
Meu espírito estava do meu lado,
Minha sombra estava do meu lado,
Não faltava mais ninguém do meu
Lado, não faltava mais alguém do
Meu lado; parei, pensei, procurei, gritei,
O mundo está aqui do meu lado,
O universo está aqui do meu lado;
E senti-me curado e vi-me sarado,
São, não estava mais doente, insano,
Inconsciente, agora gente; e não posso
Mais dizer aqui não passa ninguém,
Quanto mais alguém, se vi na areia
As pegadas de Deus, vi o olho azul
Dele a me olhar de dentro do mar,
Ouvi a voz de Deus a me falar no
Marulhar das ondas, meu filho, quero
Te amar; meus olhos encheram-se
De lágrimas, chorei, lavei o rosto,
Receio ver a face; é muita perfeição
Para mim, não mereço, não posso
Alegrar-me assim, sou tristeza, sou dor, só
Mesmo Tu, Senhor, para fazer-me emocionar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário