terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Alameda das Princesas, 756, 76; BH, 0160902012.

Gênio, pensador, músico, poeta desperta inveja,
Sócrates por exemplo, que era um livre pensador,
Despertou tanta inveja e despeita, que os seus
Adversários, arranjaram-lhe um processo por
Corrupção da juventude, que desencadeou em
Sua condenação; mas, apesar de absolvido,
Resolve se auto condenar, por pensar que, a
Própria dignidade já estava manchada e bebeu
A cicuta altivamente; Mozart, gênio precoce de
Grande criatividade e produções musicais,
Despertou tanta inveja, que os historiadores
Acreditam, que foi envenenado aos trinta e
Poucos anos; quando muito poderia fazer pela
Humanidade, Euclides da Cunha, foi assassinado
Porque a mulher não compreendia o trabalho
Dele, que requeria longos dias fora de casa e o
Traiu com outro homem; ao saber do caso,
Euclides da Cunha foi lavar a honra e acabou
Morto, o filho foi vingar o pai e morreu
Também, ambos assassinado pelo amante da
Mulher e mãe; muitos outros escritores, poetas,
Artistas sofreram perseguições; Giordano Bruno,
Galileu Galilei, um a inquisição não perdoou, foi
Queimado vivo, o Giordano Bruno, que não abriu
Mãos dos princípios; o outro, o Galileu Galilei, 
Por negar os próprios pensamentos, as teses
E as descobertas, permaneceu vivo; Erasmo de
Roterdan, se escondeu em casa de Thomas More,
Para não morrer; Karl Marx e Friedrich Engels
Fugiram por vários países e quase perdera as
Vidas por causa de obras de arte do pensamento;
O estado, a igreja, a sociedade assassinavam
Quem por ventura pensasse diferente do
Establishment vigente da época; e poucos são
Os criminosos que pediram perdão pelos
Crimes cometidos contra os gênios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário