domingo, 20 de março de 2011

Pergunto-me; BH, 0220202011.

Pergunto-me quantas cores tem o
Infinito e qual a cor exata que
O representa? o infinito é confuso,
Um mutante contínuo; olho numa
Tarde, percebo uma cor; ponho as
Vistas num ponto e ele já se
Disfarçou em outra cor; um momento
São todas as cores, num outro nenhuma;
Ó glorioso infinito, dou glórias a ti,
Louvo-te e presto-te homenagens;
Tu mereces, oh meu infinito,
Apesar de enganar-me com tuas
Cores, presto-te reverências e demais
Congratulações; mas um dia espero
Que tu me digas qual a tua cor
Definitiva ou por tu seres infinito,
Tu não tens cores, ou tuas cores são
Infinitas, são as reuniões de todas
As cores; diga-me em sonho,
Diga-me em telepatia; diga-me ao
Olhar para mim, da mesma forma
Que olho para ti; diga-me
Só esse segredo e irei dormir
Meu sono sossegado; irei sonhar
Meus sonhos acordado; tu sabes que
Não gosto de dormir; tenho medo
De pesadelos e só sonho quando
Estou acordado ou a olhar-te,
Numa tarde como esta em
Que vivemos este colóquio
De enamorados platônicos; só
Eu é que não sou correspondido;
Mas não importa a devoção que
Importo a ti; não importa o amor;
Tu espelhas meu rosto em tua
Face, e em minha face em
Êxtase, espelho teu rosto colorido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário