quarta-feira, 24 de agosto de 2011

A paz; RJ, 0130501981.

A paz,
É a calma da alma;
Se tua alma,
Não tem calma,
Tu não podes,
Ter paz;
A calma,
É a paz da alma,
Se tua alma,
Não tem paz,
Tu não podes,
Ter calma;
Procuras logo,
A tua paz,
Buscas logo,
A tua calma
E enchas tua alma,
Que está vazia;
Enchas de amor,
Paz e calma,
A tua alma
E nada mais,
Vai te abalar;
É só quereres,
Virares os olhos,
E procurares olhar,
Para dentro de ti;
É enxergares teu interior,
Corrigires teus erros,
Conteres tuas faltas,
Manteres tua fortaleza
E vejas bem,
O que vai ser de ti:
Um homem diferente,
Real e evoluído;
Um homem construído,
Tijolo a tijolo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário