sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Preciso abrir; RJ, 0230501981.

Preciso abrir,
Abrir as portas e as janelas;
Preciso me abrir,
E abrir minha mente,
Minha cabeça,
Meu espírito e pensamento;
Preciso sentir,
Sentir-me leve,
Livre e solto;
Preciso sair,
Do fundo do poço,
Da casca do ovo,
Das grades da prisão;
Não posso,
Continuar preso,
A me prender a tudo,
A todos e ao mundo;
Tento sair,
Voar por aí,
Conhecer outras paragens,
Outros caminhos,
Outros céus e outras estrelas;
Não posso continuar,
Amarrado aqui,
Em um só lugar;
Preciso amar,
E livrar-me dos nós,
Das correntes e grilhões;
Preciso abrir mesmo,
O peito e a alma,
O corpo e a palma,
Ficar em calma,
Sem afobação,
Sem pânico e pressa,
Sentado a refletir,
De face virada,
Para a face da lua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário