quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Ainda não aconteceu em mim; RJ, 0200201995.

Ainda não aconteceu em mim,
O meu grande descobrimento,
Não sou um descobridor,
Um desbravador intimorato;
Ainda não aconteceu comigo,
O meu descobrimento;
Não sei para que vim,
Não sei o meu legado,
A minha missão,
Não sei a minha parte,
O meu pedaço de chão,
A causa do meu bloqueio,
A falta de visão,
A inexistência de genialidade,
Um suspiro de razão,
O enchimento do vazio,
Que existe em meu coração;
O medo constante,
Pânico vibrante,
Passo vacilante,
Covarde sem reação;
Galinha fora do poleiro,
Galo sem esporão;
Meu terreiro não é meu,
Meu quintal não sei não;
Só sei que até hoje em dia,
Nos caminhos desta vida,
Meu descobrimento ainda,
Não tem data preferida,
E nada posso comemorar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário