domingo, 19 de julho de 2015

MIKIO, 194, BH, 0200602013.

Se a humanidade saísse à procura
Dum mote, que, fosse dar sentido à
Vida, ou corresse atrás dum
Tema, onde as respostas poriam fim
Ao desprezo pelas coisas do conhecimento
E com esse lema acabar com a
Estupidez; todo ser humano pensa em
Tudo e não pensa nada, nas
Coisas superiores do pensamento; e
Estaciona-se nas coisas inferiores,
Nos subterrâneos, das valas, locas, dos
Ralos; torna-se bela a raça humana,
Quando persegue o belo, sai do
Marasmo, da insanidade do tédio;
E a humanidade tem um dom,
O de nunca envelhecer e sempre
Renova-se, ininterruptamente, há
Sempre um ser novo a ocupar o
Lugar de um velho; e esse dom de
Renovação, deveria ser adaptado às
Ideias e as ideias também seriam
Sempre renovadas com criatividades,
Com inovações e revoluções; e o
Outro dom da humanidade, é o
Dom da revolução; é o de revolucionar;
E com o tempo acomodar, quando
O revolucionar exige, a luta, estar
De atalaia, se sentinela com
Sentidos, a rondar para garantir
O imperialismo das trevas, distante,
Fora do alcance do ideal capitalista,
Da globalização ditadora, nada
Democrática e totalmente tendenciosa;
A humanidade precisa sair a procurar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário