quarta-feira, 15 de julho de 2015

Patagônia, 1155, 4; BH, 01901202012.

O rico entra na igreja de vagabundo que é, ou
De sem-vergonha que é; o ricaço netra na
Igreja de vagabundagem, já que foi amaldiçoado
Na fonte; Jesus Cristo dizia no início, que é mais
Fácil um camelo passar no fundo duma agulha,
Do que um rico entrar no reino dos céus; o
Rico é estigmatizado pela Escrituras: conta-se,
Que, um jovem chegou perto de Jesus Cristo
E disse: como faço para entrar no reino dos
Céus? vai, vende tudo que tens e distribua
Entre os pobres; o cara entrou em prantos
Amargamente, pois era dono de grandes
Riquezas; se for pelas escrituras, de nada
Adianta o rico agradar a Deus e a Cristo, a
Não ser se virar pobre, esquecer a plutocracia
E aí? o pobre vai virar rico? e como ficam as
Coisas? o sonho do pobre é encontrar um
Rico assim, bem disposto a vender tudo e
Doar para ele; mas, quando entra para a
Igreja, percebe, que quem pode ficar rico,
São só os pastores, a igreja, menos, o pobre
Coitado do pobre; Valadão, R R Soares,
Crivela, Macedo, Malafaia, Rossi, Fábio,
Todos bem satisfeitos, milionários e com
Pouca labuta, pouco suor na camisa, no
Rosto; essa parte é só a do pobre, que faz
Da pele pergaminho, para atender as
Exigências das igrejas, para o levar aos
Céus; graças a Deus, não quero ir para
O céu, só pelo fato de teimar em ser poeta,
Queimo a minha salvação, mas, deixo as
Coisas de acordo com as escrituras: o
Inferno aos ricos e os céus aos pobres e
Eu por aí a vagar no infinito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário