segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

O homem não quer deixar de ser idiota; BH, 0130902013.

O homem não quer deixar de ser idiota,
O homem não quer ler, o homem não
Quer contemplar, o homem não 
Quer refletir; ninguém sabe o que 
O homem quer, nem o homem; ninguém
Sabe o que o homem é, nem o homem;
O homem não quer deixar de viver 
Na estupidez, faz de tudo para 
Dormir abraçado estupidamente com a 
Estupidez; o homem não quer deixar de
Ser ignorante, faz de tudo para permanecer 
Na ignorância; e bem que poderia fazer 
Um bem a si mesmo, ou a um semelhante; 
E poderia ser bom para si mesmo e para 
Os semelhantes; o homem não quer 
Amar nem como se amasse a si mesmo; 
E não sai das igrejas, não sai do pé
Do altar, não larga a Bíblia, o Corão, a
Cabala, o Torá; não larga as armas, 
As bombas, a maldade, os mísseis, 
Os foguetes, a ruindade; o homem só 
Sabe cantar a canção do idiota a falar
Mal da vida do homem; e não canta
A canção que aprendeu na infância,
Mata a criança de dentro de si e 
Mata o homem que herdou de algum
Antepassado; e mata o que puder
Matar, mata o que o que vai nascer
Do homem; e o homem não quer 
Deixar nada viver, nem o homem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário