sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Reconheço que meu mal; BH, 0160702013.

Reconheço que o meu mal,  
É a minha dificuldade de pensar; pensar
Na coisa certa, no tempo certo,
No lugar certo; confesso que pensar 
É o entrave dos medíocres, quem 
Pensa, raciocina, age com pura 
Percepção, acerta; na maioria 
Das vezes acerta mais do que 
Erra; quem tem preguiça de 
Pensar, não usa a lógica nunca,
Fica com um pé sempre atrás,
Vacila, duvida e acovarda; 
Os meus piores momentos na vida
Foram por falta de pensamentos 
Lúcidos, sóbrios e com razão; as 
Mentes iluminadas estão todas
Na minha dianteira, bem além 
Do meu tempo; ficam por aqui só 
As mentes obtusas, improdutivas e
Irracionais iguais a minha; é por 
Isso que a maioria das coisas 
Saem erradas; e a humanidade mais 
Erra do que acerta, falta de luminosidade
No pensamento da raça humana; o 
Ser humano poderia perder mais tempo
Em pensar, só teria a ganhar; 
Agir por instinto, por intuição,
Pragmatismo, resultado, acaba
Por inviabilizar a vida na terra;
E a saída está na entrada, cada 
Um entrar para dentro de si e 
Pensar, até acertar o pensamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário