quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

E estou chateado; RJ, 0100601991.

E estou chateado,
Estou muito chateado,
Comigo e com as pessoas;
Sou um homem limitado,
Não consigo aprender as coisas,
Não compreendo ninguém,
E ninguém me compreende;
Como posso ser assim,
Nem mesmo sei;
Por mais que busco respostas,
No fundo do meu ser,
Não consigo entender,
O que é que se passa
Com o meu espírito;
Espírito deprimido,
Preso em gaiolas,
De grades intransponíveis,
Que me deixam chateado,
Preocupado e triste;
Aonde anda a chave,
Que abre os cadeados,
Destas grades impugnáveis?
Aonde anda o libertador,
Deste espírito aprisionado?
Minha mente é louca,
Mata-me aos poucos,
Arrasta-me ao chão,
Enterra-me vivo;
Faz de mim um dos porcos,
Onde Jesus Cristo,
Depositou Legião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário