sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Há de ser algo inovador e revolucionário; BH, 0180702013.

Há de ser algo inovador e revolucionário,
De vanguarda, moderno; há de ser
De quebrar paradigma, de causar
Ruptura, romper com as estruturas;
Há de ser alguma coisa de vandalismo
Que, ponha abaixo o estado, a sociedade,
A burguesia; e que, desestruture a
Elite, a classe política e toda e
Qualquer tipo de religião; há de pôr-se
Fim à propriedade, às polícias e às
Forças armadas; há de ser um
Anarquismo geral, orgia total, as
Bacanais clássicas, eruditas; há de
Ser o que tiver de não ser; a
Quebra da ciranda financeira, as
Nações sem fronteiras e os povos
Sem opressores; há de ser a destruição
Dos paradoxos e a criação dum
Germinal, a reverberação dum
Embrião, a fecundação duma
Semente, cujas raízes buscarão
Nos subterrâneos, a seiva para
Uma sabedoria, a elaboração para
Uma filosofia; há de ser uma revogação
De todas as leis e a negação de todas
As verdades; mas, há de ser alguma
Coisa a acontecer, a mudar, a tirar
De lugar aos alicerces, a abrir os
Úteros dos dogmas, a abortar os fetos
Dos preconceitos; há de ser o caos total,
O choque de partículas, a quebra dos
Elementos na fusão nuclear.

Nenhum comentário:

Postar um comentário