domingo, 15 de novembro de 2015

Sem vontade e do mesmo jeito que; BH, 040702013.

Sem vontade e do mesmo jeito que,
Alguém tem vontade, não tenho
Vontade; é a mesma coisa, só que,
É em sentido contrário; sem
Vontade e com desânimo, muito
Desânimo para dar e vender; e
Sem potência e sem poder, como
Persistir, não desistir, não há
Força, energia, raça; é só a
Vontade de ficar sem vontade e
O desânimo de ficar com desânimo,
E sem ânimo, inclusive para não
Ter ânimo; e sem movimento,
Nada, parado como um fantasma
Camuflado de espantalho; parado,
Como um firmamento sem
Nuvens que, na verdade, não
Está parado, o azul está sempre
Em direção do infinito, a nos
Enganar que está parado; a
Formiga tem vontade? a abelha
Tem vontade? a cigarra tem
Vontade? o que que não tem
Vontade nesta natureza? eu; o
Universo tem vontade? eu sou o
Universo que não tem vontade;
Dói-me abrir os olhos, falar,
Ouvir; dó-me ter sentidos, ser,
Estar, ter e haver; dói-me ser
Verbo, letra, palavra, substantivo;
Dói-me ser organismo, substância,
Sustância, elemento, distância;
Dói-me o desânimo, a poesia, o
Poema; dói-me a vontade toda
Vez que vem a vontade de tê-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário