terça-feira, 5 de maio de 2015

Monte Simplon, 550, 4; BH, 050302012.

Escrever é um problema sem solução e o
Pior escritor, é aquele que pensa que
Escreve: não foi, não é e nem será o
Escritor no seu ato de escrever, que
Determinará que o dito é escritor e que
O ato é escrita; escrever é uma conjectura,
Que de milênios em milênios, alguém com
Dom consegue decifrar; reconheço que,
Muitos ficaram milionários com a escrita;
Mas é justamente por não escrever, que o
Autor fica milionário e o leitor dele é
Menos exigente do que ele com as coisas
Escritas; quanto maior é o número de
Leitor em qualidade, maior será o número
De escritor desqualificado; depois de certa
Idade, adquirimos autoridade para pensar
E dizer qualquer coisa, ou para não pensar
E não dizer nada; mas, o que se auto
Intitula escritor, é obrigado a ter a maior e
Mais esmerada qualificação; escrever é
Muito perigoso, alguém disse isso, escrever
É mais perigoso do que viver, mas é um
Prazer que poucos dotados têm; é um
Orgasmo múltiplo que poucos conseguem
Atingir: escrever é um ponto G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário