segunda-feira, 28 de março de 2016

Aos seres que habitam a dimensão; BH, 0501202012.

Aos seres que habitam a dimensão 
Intersideral, último limite entre
O sistema solar e os outros universos;
Aos seres que destacam-se nesse limite,
Aonde a vida humana pode chegar, 
Só através dos pensamentos e das ondas
Mentais; aos seres telepáticos, com
Vida sobrenatural que, se fossem 
Encontrados, seriam tidos como
Assombrações; aos seres encantados
Das órbitas desconhecidas, das mudanças
Infinitas, seres que, para não serem 
Detectados, viram invisíveis, translúcidos,
Ou totalmente escuros; aos seres que,
São ficções para nós, aos seres 
Perfeitos, por não terem organismos,
Entranhas, medulas, tutanos, perfeitos 
Por não terem ossos; aos seres sem
Pensamentos, sem sentidos e sentimentos
E aos quais confundimos com deuses,
Anjos; aos seres que são suspiros de 
Imaginações e soluções de inspirações
Dalgumas mentes; aos seres que não 
Possuem moléculas, partículas, átomos
E não são feitos de nada e se são feitos 
Dalguma coisa, desconhecemos de 
Que são feitos; aos seres que não salvam
Por milagres e nem são salvos por 
Milagres; aos seres habitantes das 
Dimensões aonde só as mentes 
Loucas podem chegar em suas 
Alucinações e aos seres só enxergados
Nas visões dos loucos iluminados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário