sábado, 9 de abril de 2016

Estou a apagar-me; BH/SD.

Estou a apagar-me,
Um toco de vela,
Onde a chama não resiste mais;
Estou a consumir-me,
Sinto extinguir-me
E não amei,
Não tive amor,
Por isso sou sofredor;
Não honrei aos meus pais,
Não amei aos meus irmãos
E não deixarei saudades aos poucos amigos,
Caso tenha tido algum
E a paz escafedeu-s do meu coração;
Aos indiferentes,
Que tanto nos nivelam por baixo,
Não darei perdão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário