segunda-feira, 18 de abril de 2016

Perdoem-me o meu deslocamento para manchar; BH, 0120402001.

Perdoem-me o meu deslocamento para manchar 
A terra, para sujá-la e na mudança de posição, em
Relação a um lado referencial, aumentei a poluição,
A sujeira e a podridão; desarticulado, luxado e como
Tudo está fora de lugar, sigo deslocado, bêbado na 
Deslocação do movimento pelo elemento, a matar a
Terra, minha mãe e a permanecer no desvio e na 
Luxação do osso e o deslizar maior do que este, é 
Impossível acontecer; mancador cotidiano, com 
Lapso de desvio do bom caminho, a deslizar pelas
Estradas de espinhos, a escorregar e a despender-me
Da força de gravidade, não flutuo no barco de 
Pequeno calado, usado nos rios; afundo, a prancha
Presa a uma embarcação, com a qual desliza sobre 
A água, é mais leve do que eu; o transatlântico
Desliza, e eu o mais pesado deslizador, vou ao 
Fundo d'água: não sei desvendar nada de mim; 
Não sei esmiuçar a natureza, não sei desvencilhar-me
Dos problemas, demarcar e deslindar o universo e 
É triste o que quer desunir; não soltar os pássaros
Presos, não saber desatar nós cegos; separar o 
Joio do trigo e desligar o mau que estava ligado;
E tudo por desleixo de descuido da negligência,
Pois, ao descuidar-se, morre-se no pé, na semente,
No caroço; a desleixar-se, morre-se na raiz, no 
Ovo, no casulo, pois, o desleixado, não deixa 
Vingar nem célula mãe; o descuidado não tem
Visão e o negligente não é visionário e é 
Reacionário desleal, o pérfido infiel, que , não 
Conhece a lealdade e vangloria-se da deslealdade,
Sem deslavar-se, ou fazer perder a cor, distinguir-se
De vergonha e descobrir-se que é perturbante; 
Atrevido na mentira, descarado na enganação,
Deslavado na falsidade da ilusão, é necessário
Cortar e tosquiar esta lã ruim, tem que deslanar
Esta ovelha negra com pele de lobo e deixá-la
Sem desjejum de poder, sem desjejuar, sem comer,
Não quebrar o jejum dela, por muitos dias, nem na 
Primeira vez no dia, até purificar por dentro e por fora. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário