quarta-feira, 6 de abril de 2016

Linhas do discernimento e linhas do; BH, 0300802015.

Linhas do discernimento e linhas do 
Conhecimento e que enlaçam as 
Linhas da sabedoria, salvadoras que,
Ressuscitam, resgatam, restabelecem,
Ratificam e retificam as linhas mouras
Tortas; endireitam as sinuosas, as perpendiculares,
As inclinadas, as espirais e criam
Paralelas e horizontais; resguardam os 
Princípios, destilam ética, moral e 
Escrúpulos; não deixam faltar diálogos,
Dialética, as filosofias da percepção e 
Da razão e da intuição e dos mais 
Nobres instintos; e amarradas, libertam,
Acorrentadas, livram velhos prisioneiros,
Soltam novos algemados, arrebentam
Grilhões fabulosos, tubulares, tenebrosos;
Gorjeiam, regozijam e arrebatam às 
Alturas os corações sensatos, os fígados
Desopilados e os que querem um ninho
Para metamorfoses, evoluções das 
Espécies, aprimoramentos das espécimes;
E granjeiam sem ranger os dentes, sem
Os terrores e os horrores seculares, sem
Céus e sem infernos; e internas 
Aprofundam os rasos, fazem crescer os
Anões, levantam dos rés do chão e 
Os que estão no chão, são feitos de 
Chão rude e os que andam 
De quatro patas, charmosamente, 
Passam a andar de duas, elegantemente;
Benditas sejais vós entre todas as 
Linhas, desembaraçais meu novelo e que, 
As rupturas dos equilíbrios dos meus elementos 
Sejam costuradas por essas linhas sagradas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário