sexta-feira, 8 de abril de 2016

Há vida na música brasileira; BH, 01º01202014.

Há vida na música brasileira,
Mesmo Desafinado,
Há o valor musical e
Eu e a brisa sabemos que, do
Corcovado,
De braços abertos,
O Cristo Redentor olha o
Barquinho que vai,
O barquinho que vem,
Na Baia da Guanabara,
Enquanto A garota de Ipanema
Desfila a caminho do mar;
E o samba desce do morro,
E vira Samba do avião,
A voar o mundo,
A fazer conhecer a nova Wave;
Copacabana,
Princesinha do Mar,
Chega de saudade,
Vou lá afogar-me,
Naquele azul;
Inda não é um soneto,
Nem de pé quebrado,
Mas já encheu meu coração,
Com o cheiro doce da maresia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário