terça-feira, 7 de maio de 2019

Pega; RJ, 0300701981; Publicado: BH, 02401102012.

Pega
Arranca a raiz
Mata e come
Capa
Arranca o toco
Lança no fogo
Vomita na calçada
No céu e no espaço
Mastiga o aço
Rompe o peito
No concreto armado
Fura e arromba
Explode e tomba
É o caminho pedido
Que o perdido pediu
Perdeu e não achou
Procurou e não encontrou
Foi o que aconteceu
Acabou morreu
Entregou apodreceu
Não cheirou e fedeu
Deu bicho e mofo
E não teve perfume
Não teve colonia
E nem desodorante
Para matar o fedor
A catinga do podre
A sujeira e a lama
Sangue coagulado
Pele envelhecida
Mistura macabra
No fundo do caixão
Pega
Joga no buraco
Joga terra por cima
O resto é ilusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário