terça-feira, 8 de dezembro de 2015

E que venha-me uma sabedoria; BH, 0260702013.

E que venha-me uma sabedoria,
Uma sabedoria palpável e que seja
Notada inclusive no meu físico;
E que venha-me uma sabedoria, 
Uma sabedoria reconhecida em
Todos os meus atos, atitudes, comportamentos;
E postura, conduta, moderação, ou
Do contrário morrerei na inanição;
E em todos os meus momentos, em
Todos os meus movimentos, falas e 
Pensamentos, que venha-me uma
Sabedoria, que ponha fim à minha
Agonia; cansei-me da angústia,
Da estupidez e da ignorância; e 
Agora quero uma sabedoria ,
Que cause-me alegria, felicidade
E euforia; parei de fumar, parei de
Beber, preciso para de comer, e que essa
Sabedoria que vem, que eu consiga
Assimilá-la, praticá-la, desenvolvê-la;
Quero estar com ela para mudar, não
Ter medo da mudança e não acovarda-me
Em hora alguma; será que captarei
Essa sabedoria? saberei ser sábio
A ponto de merecê-la, recebê-la?
E que venha-me uma sabedoria , que não
Está em mim ainda e que a partir
De agora, ela possa estar em mim;
E que logo nos primeiros raios de sol
Da aurora, já morada desta sabedoria , 
Habitação e habitado, que todos
Percebam no nascer do dia, o meu novo lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário