terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Em minha cidade natal; BH, 0210702013.

Em minha cidade natal, nos
Meus tempos de criança, havia um
Fazendeiro, que de vez em quando,
Distribuía ao povo da cidade,
Grande quantidade de leite; e
Sempre o número de pessoas era
Aumentado, e cada vez mais
Complicada a distribuição do
Leite; as pessoas ao tomarem conhecimento
Do local e data da distribuição,
Preparavam vários parentes nas filas,
Que revezavam-se quantas
Vezes fossem necessárias, e conseguiam
Sempre mais leite do que as outras
Pessoas; e algo que era para ser
Ordeiro desde quando começou,
Como o passar do tempo, o reparte
Ficou cada vez mais complicado;
Lembro-me que da última vez
Em que houve a distribuição,
A confusão era tanta, que o
Fazendeiro deixou tudo por conta
Do povo; e, aí, derramou-se todo o leite
Pelo chão, briga e mais briga,
Sem parar, e nunca mais houve a
Tão esperada distribuição do leite;
Karl Marx quando desenvolveu as
Teorias do comunismo, e disse
Trabalhadores do mundo, uni-vos,
Imaginava que o povo fosse dotado
De uma inteligência, uma sabedoria,
Uma consciência; entrega-se qualquer
Coisa ao comando do povo, e o
Caos total estará instalado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário