sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Deflexão solitária é o movimento; BH, 0270402001; Publicado: BH, 02001102013.




Deflexão solitária é o movimento 
Com o qual se abandona uma trajetória, 
Para seguir outra, com caminho anguloso; 
Ângulo entre dois caminhamentos, um
A deflexionar, a abandonar, linha, ou
Rumo, outro para seguir sem defloração;
A queda e o emurchecimento do ânimo,
Igual ao natural das flores, o de uma planta;
Desvirginamento da vontade maior do que,
A de tirar a virgindade de uma mulher;
O deflorar a menina moça na flor da 
Idade e tirar as flores do vaso e plantar
Na terra; perder o viço da preguiça,
Para ganhar o frescor da vida livre,
Prelibar e provar a liberdade incondicional;
Correr de encontro à verdade, defluir para
Longe do ímpio, emanar em direção
Ao justo e que ao afluir de coração fala
A verdade, a deixa escoar como a um 
Líquido puro de fonte natural e cristalina;
Defluxão de humores maus, escoamento
De fluídos negativos, esvaem-se em
Deflúvio nas veias do que cultua o
Ódio e contém defluxeira de ira e 
Defluxo de rancor; catarro da alma e 
Coriza do espírito, inflamação das
Mucosas nasais e influência dos canais
Cerebrais, que como de fonte, com folga
Entre um pensamento e outro e descanso
Durante o serviço mental cria pilheria
De mau gosto, de deformar, alterar a foma
Da fase, perder a forma do período e 
Deixar a oração deforme, irregular
Disforme no assunto, repelente e tal
Repugnante que o sentido perde total
Sensibilidade; a deformidade encobre
O sentimento e os sentidos; o vício trai
A fé, o defeito e a irregularidade aumentam toda 
Perplexidade de conformação na depravação
Moral, aleijão e dano estético viram perfeições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário