domingo, 20 de agosto de 2017

Nunca não tive um sonho constituído e não nunca soube; BH, 01º01202000; Publicado: BH, 0301202013.

Nunca tive um sonho constituído e não nunca soube
Constituir um sonho; sou um oco composto de vácuo e
Formado de nada: diz-se de mim o que bem quiseres;
Não tenho poder que decorre de constituição, meu
Organismo é falho e o metabolismo que compõe-me
Não constitui o um todo, uma parte constituinte,
Apodreceu; e a assembleia que formula a fórmula,
Reformula e vota como se composse um estado, uma
Molécula, um parlamentar que integra a constituição 
E a pessoa em relação a seu representante, ou a seu
Procurador, o ser e o fundamento; a base e o 
Pensamento, escrevo por tormento, sem organizar,
Sem estabelecer regra, formar versos, dar procuração,
Nomear flores, eleger amores: colocar-me em determinada
Posição; arrogar-me qualidade em sonho constitutivo,
Acordar, chorar, morrer, aonde andará meu ser? longe
De mim? na inexistência? no constrangedor? me
Responda, constrange-me; venha constranger a
Mentira, tolher os movimentos de meu ego, apertar o
Meu pescoço, violentar meu corpo; libertar as
Entranhas e obrigar pela força a alma a abandonar
Corpo tão morto e podre; venha coagir meu espírito
Trevado e frio, conter a euforia da minha felicidade:
Não mereço-a, coibir o riso  na minha face, abomino,
Causa-me constrangimento a alegria e não sinto
Acanhamento pela violência; o azul do céu é a
Minha constrição, pressão em volta da medula, para
Diminuir o diâmetro de uma coisa dentro de mim; o
Aperto da luz, é demais constringente viver assim, é
Constritor para o meu tamanho, pequeno e mesquinho;
Um grão de areia que quer constringir a visão, apertar
A vista que encobre o universo; volta, não venha 
Contrair o azul do céu, não seja jamais constritivo no 
Voo do pássaro, deixa a flor na terra, não a constranja
Ao colocá-la num vaso; ao derrubar a construção da 
Natureza, o ato, o efeito, o modo de construir, a 
Edificação do caule, da haste, o edifício da pétala; que
Falta faz o construir o poder, o formar o poder, o fazer
O poder, não o poder do homem, o poder de organizar
O fim da dor; de dar estrutura à fé, de edificar a paixão,
De dispor as palavras segundo as regras da sintaxe, do
Pensamento construtivo, da frase que serve para
Mostrar a pessoa que tem espírito de realização; e que
Contribui para uma obra de cura, de sarar, de sanar e
De agradecer ao construtor, de dar graças àquele que
Constrói um corpo sadio; um físico curado, graças à
Consubstanciação, à união de dois, ou mais corpos na
Mesma substância; e a de glorificar a presença de Cristo
Na Eucaristia, segundo a religião católica continental,
Como um cumprimento militar; capacidade de superar as
Lágrimas, de impedir a extensão da depressão e a
Moderação sexual; toda a castidade, continência e total
Abstenção de prazeres sensuais, a libido que não está
Junto; o gozo que não está próximo, o sexo que não
Está contíguo e manter a contiguidade, o estado e a
Situação contigo, em tua companhia, é a garantia da vida
De ti para ti, da saúde dirigida a ti e do comportamento
Resolvido por ti, no encadeamento, na ligação entre as
Partes, na contextura e na composição da poética, no
Argumento do poema; no contexto das ideias de um
Escrito, no conteúdo de uma poesia, no assunto que
Está contido nas coisas: no sonho comprovativo, no
Concorde em depoimento do sono e no conteste da
Razão, o nexo contestado, o ser contestável que não
Sabe responder, discutir, entrar em litígio e não negar
A verdade, opor, confirmar a palavra chave; provar com
O testemunho de outrem, que vale contestar a irracionalidade;
Passar por contestante das normas comuns, passar por
Contestador, por intuição, o que contesta o óbvio, o ululante
Do que é da mesma terra, conterrâneo que está incluído na
Esperança; que não quer controlar o destino, só dominar o
Medo, moderar a tremedeira, reprimir a insegurança, conter,
E encerrar em si para compreender. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário