domingo, 20 de abril de 2014

Alguém bem sensato aí e um ser; BH, 0701202013.

Alguém bem sensato aí e um ser
Cordado, poderiam olhar para mim
E dizer: para com essa tua mania de
Querer correr atrás de obras-primas,
De obras de arte; vai ler um livro, um
Jornal, uma revista; vai assistir um
Filme, ver televisão, lutas, novelas,
Seriados, programas de auditórios;
Que mania feia é essa de passares a
Vida a escrever dia e noite sem parar;
Mas é verdade, alguém com razão,
Com bastante discernimento, lucidez,
Deveria me mandar correr atrás do
Vento; fazer algo de útil, ou procurar
Um emprego, fazer um curso de
Especialização, ou profissionalizante;
Chega de vagabundagem, chega de
Vadiagem; tomara que quando
Fores à rua, a polícia te dê uma dura,
Com pernas abertas, de costas para
O muro, braços para o alto,
Apalpadelas na bunda e inda te
Faça um forjado de flagrante de
Drogas, ou de armas, para veres o
Que é bom; vai arrumar uma
Carteira assinada, um trampo, um
Demonstrativo de pagamento; uma
Cesta básica, vale transporte, vale
Alimentação e ajuda de custo e
Abrir conta corrente num banco:
É assim que age um pacato cidadão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário