segunda-feira, 21 de abril de 2014

Que estado de letargia e inércia; BH, 0601202013.

Que estado de letargia e inércia,
Que imobilidade, como fazer para
Sair dum estado assim, de
Repouso eterno? que situação
Desagradável., uma vida de
Pária, uma vida de parasita;
O dia todo sem mover uma
Palha, sem espanar um pó,
Sem limpar uma poeira;
Que estado de rigidez
Cadavérica, congelamento
Total; nem o vento joga mais
Dum lado para outro; é tempo
De verdadeira calmaria, de
Não sair do lugar para nada;
E não se ganha um dinheiro,
Nem para beber umas cervejas;
E o calor não deixa viver, qualquer
Movimento parece que vai
Derreter; e o mais difícil é que
Não há nem a quem se fazer
Uma pergunta; não há a quem
Se endereçar a palavra, ou
Dirigir um cumprimento, ou
Uma cortesia, fazer uma gentileza,
Uma mesura; que tempos são
Estes atuais, que parece tão
Medievais, feudais, bárbaros,
Ásperos? tempos realmente
Difíceis; não se ouve mais falar
Em diálogo, conversação,
Ética, dialética, razão; não se
Ouve mais falar em raciocínio,
Lógica, evolução, pensamento;
Que estado é este, que até para
Pensar, é um aprisionamento?

Nenhum comentário:

Postar um comentário